Brasil

PF cumpre mandados de prisão temporária na 3ª fase da Operação Carne Fraca

Ex-presidente da BRF foi preso

Wendy Tonhati Publicado em 05/03/2018, às 10h02

None

Ex-presidente da BRF foi preso

A PF (Polícia Federal) cumpre mandados judiciais da 3ª fase da Operação Carne Fraca, na manhã desta segunda-feira (5), sendo 11 de prisão temporária. O alvo desta etapa é a BRF Brasil Foods. Também há 27 mandados de condução coercitiva e 53 de busca e apreensão.

A operação, batizada de “Trapaça”, mirou fraudes laboratoriais perante o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. As fraudes tinham como finalidade burlar o Serviço de Inspeção Federal (SIF/MAPA), do Ministério, e, com isso, não permitir que a Pasta fiscalizasse com eficácia a qualidade do processo industrial da empresa.

PF cumpre mandados de prisão temporária na 3ª fase da Operação Carne Fraca

Conforme informações da PF, os agentes cumprem 91 ordens judiciais nos Estados do Paraná, de Santa Catarina, do Rio Grande do Sul, de Goiás e de São Paulo: 11 mandados de prisão temporária, 27 mandados de condução coercitiva e 53 mandados de busca e apreensão.

As investigações apontam que a prática das fraudes contava com executivos, corpo técnico, além de profissionais responsáveis pelo controle de qualidade dos produtos da própria empresa.

Jornal Midiamax