Brasil

Criança morre após ser esquecida dentro de carro em Minas

Aproximadamente três horas dentro do veículo

Diego Alves Publicado em 16/02/2018, às 22h40

None

Aproximadamente três horas dentro do veículo

Uma menina de dois anos morreu depois de ser esquecida dentro do carro nessa quinta-feira (15) em Janaúba, Minas Gerais. A criança ficou por aproximadamente três horas dentro do veículo e chegou a ser socorrida pelo pai, mas não resistiu.Criança morre após ser esquecida dentro de carro em Minas

Uma parada no escritório antes de levar a filha para a escola fez com que um empresário de Janaúba vivesse o pior e mais dramático dia de sua vida. A quinta-feira pós-Carnaval seria mais uma de aula normal para as crianças de uma escolinha particular no norte de Minas Gerais. A cidade é a mesma que ainda se recupera da tragédia na creche Gente Inocente, em novembro.

Uma ligação recebida a caminho da escola, segundo informações, tirou o empresário de sua rota habitual. Em vez de seguir para a escolinha, ele foi até a empresa para resolver uma situação. Três horas depois, um comerciante amigo o cumprimentou e perguntou pela família, foi quando ele saiu desesperado da loja de materiais de construção em direção ao carro.

A criança foi levada para o Hospital de Janaúba e os médicos tentaram reanimá-la, mas não conseguiram. A menina morreu duas horas depois de dar entrada na unidade de saúde e o pai, foi internado em estado de choque.

A mãe da menina é uma enfermeira e também foi internada em estado de choque. Ela foi uma das voluntárias que ajudou no resgate às vítimas do incêndio na creche Gente Inocente, no ano passado.

O delegado Ricardo Amaral investiga o caso e comentou que tragédias como essas podem culminar com o perdão judicial que é quando o réu tem a pena extinta em razão de as consequências do fato serem mais graves que o próprio cumprimento da pena.

Na terça-feira de Carnaval um casal foi preso e liberado depois de pagar uma fiança de R$ 1.000. Eles deixaram o filho de um ano dentro do carro enquanto brincavam Carnaval e chegaram a dizer em depoimento que, de tempos em tempos um dos dois ia ver o filho. Policiais militares resgataram a criança e a entregaram ao Conselho tutelar que devolveu a criança a sua avó.

Estudo aponta causas para esquecimento

Uma pesquisadora da Universidade Federal de Juiz de Fora publicou um artigo que aumenta o alerta para que crianças não sejam esquecidas dentro de carro. Durante 16 meses a graduanda em Engenharia Ambiental Driely Costa pesquisou 45 casos de esquecimentos de crianças em carros e concluiu que grande parte das vezes os pais estão levando as crianças para escolas e creches. “Os esquecimentos geralmente acontecem durante a semana e quando há uma mudança de rotina na vida dos pais”, afirma Driely.

Dos casos analisados, os pais (62%) são os mais associados a estes registros, mas babás (31%), e outros parentes (7%) também estão entre os envolvidos. O resultado foi divulgado por uma revista Internacional de Pesquisa Ambiental e Saúde Pública.

Jornal Midiamax