Brasil

Defesa de Garotinho pede cumprimento da decisão de revogar prisão

Pedido é para cumprimento imediato

Aliny Mary Dias Publicado em 27/09/2017, às 18h31

None

Pedido é para cumprimento imediato

A defesa de Anthony Garotinho informou na tarde desta quarta-feira (27) que foi protocolada no TSE, um pedido para que seja determinado o cumprimento imediato da decisão do tribunal no sentido de revogar a prisão do ex-governador. 

Até o momento, passadas mais de 15 horas, a desembargadora do TRE Cristina Feijó ainda não enviou um ofício ao juiz da 100ª Zona Eleitoral comunicando a decisão da véspera do Tribunal Superior Eleitoral.

A defesa destaca que a relatora do HC no TRE, Feijó, foi notificada pelo TSE às 0h04 desta quarta-feira, poucas horas após o julgamento dos ministros do Tribunal Superior Eleitoral, que consideraram a prisão ‘arbitrária’. 

Mais cedo, o advogado Maurício Costa ligou para a assessoria da desembargadora e foi informado de que ela só iria analisar o ofício da questão após a sessão do TRE na noite desta quarta-feira. 

Jornal Midiamax