Brasil

USP passará a usar o Enem para acesso a vagas de alguns cursos

13,5% das vagas devem ser preenchidas pelo Sisu

Kemila Pellin Publicado em 23/06/2015, às 22h32

None
bjgd6jajj0ttccgo5zmu8y3tb.jpg

13,5% das vagas devem ser preenchidas pelo Sisu

Parte das unidades da Universidade de São Paulo (USP) passará a usar o Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) como uma alternativa ao seu vestibular, a Fuvest, para preenchimento das vagas para estudantes ingressantes na instituição. A medida, aprovada hoje (23) pelo Conselho Universitário, passa a valer já para a seleção de alunos das turmas de 2016.

As unidades que adotarão a medida passarão a reservar 13,5% das vagas para serem preenchidas pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do Ministério da Educação, que leva em conta as notas obtidas pelos alunos no Enem.

No entanto, a Faculdade de Medicina, a Faculdade de Economia e Administração (FEA) e a Politécnica são algumas das unidades que não adotaram o novo modelo de ingresso com base no Enem.

Jornal Midiamax