Brasil

Mancha Verde cai e rivais não perdoam: ‘homenagem perfeita’

A escola de samba formada pela torcida organizada do Palmeiras homenageou o centenário do clube

Diego Alves Publicado em 17/02/2015, às 23h49

None

A escola de samba formada pela torcida organizada do Palmeiras homenageou o centenário do clube

Rebaixada para o Grupo de Acesso do Carnaval paulistano juntamente com a Tom Maior, a Mancha Verde virou motivo de piada no Twitter nesta terça-feira. A escola de samba formada pela torcida organizada do Palmeiras homenageou o centenário do clube – comemorado em 2014 – e não foi perdoada pelos rivais.

 “Homenagem mais que perfeita da mancha com esse rebaixamento… kkkkkkk”, escreveu ‏@lucaas_mouraa, lembrando que o Palmeiras já foi rebaixado duas vezes para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro e escapou por pouco de cair mais uma vez no ano passado.

“Seguindo a tradição de seguir o Palmeiras onde eles forem, a Mancha já se adiantou e foi primeiro! AHuahauahaau #ManchaRebaixada G.Acesso!”, postou @Orly_RibeiroLHP. “Coerente é a Mancha Verde que contou a história do Palmeiras e foi rebaixada”, publicou @andradefj. “A Mancha Verde contou a história completa. Hahahahahaha”, brincou @makamello. “A mancha homenageou o palmeiras, na sua maior característica: ser rebaixado!!! parabéns mancha, melhor que a encomenda!!!”, disse @marciodealmeid.

Primeira escola a desfilar no Carnaval de São Paulo na sexta-feira (13), a Mancha Verde levou para a avenida carros alegóricos com esculturas que lembraram nomes consagrados como Djalma Santos, Djalma Dias, Leivinha, Ademir da Guia, Oberdan Cattani e São Marcos. A agremiação acabou rebaixada com 267,9 pontos, a frente apenas da Tom Maior que somou 267,7.

Jornal Midiamax