Brasil

CPI do Carf convoca empresários investigados pela PF

Entre os convocados estão os presidentes do HSBC Bank Brasil, Boston Negócios, Mundial S.A

Gerciane Alves Publicado em 14/07/2015, às 17h58

None
carf.jpg

Entre os convocados estão os presidentes do HSBC Bank Brasil, Boston Negócios, Mundial S.A

A CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) que investiga o esquema de venda de sentenças no Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais) aprovou nesta terça-feira requerimentos para ouvir mais de 20 pessoas, entre eles presidentes de grandes empresas e advogados.

Um dos requerimentos aprovados é para que o presidente do HSBC Bank Brasil preste esclarecimentos sobre fatos relacionados à Operação Zelotes, que investiga irregularidades no Carf. O autor do requerimento, senador José Pimentel (PT-CE), registra na justificativa que a convocação ocorre porque a Polícia Federal identificou depósitos do HSBC à empresa SGR Consultoria Empresarial, investigada por suspeita de intermediar o pagamento de propina a conselheiros do Carf.

Entre os demais convocados estão os presidentes das empresas Boston Negócios, Mundial S.A, da Indústria e Comércio de Café Irmãos Júlio e dirigente do Grupo Comercial de Cimento Penha. Os requerimentos também são do senador José Pimentel e ele justifica que, segundo informações da imprensa, relatórios da Polícia Federal teriam apontado que as empresas participaram do esquema investigado pela Operação Zelotes.

Por solicitação da relatora da CPI, Vanessa Graziottin (PC do B-AM), foram convocados representantes das empresas Alfa Atenas e Planeja Assessoria. Segundo a senadora, ambas foram citadas nas investigações em curso.

Jornal Midiamax