Brasil

Com beijo, Dilma ironiza boato de que estaria internada

Mensagens espalhadas em redes sociais afirmavam que presidente teria sofrido uma overdose de tranquilizantes

Clayton Neves Publicado em 22/06/2015, às 20h52

None
negocios-macro-mp-aposentadoria-novaformula.jpg

Mensagens espalhadas em redes sociais afirmavam que presidente teria sofrido uma overdose de tranquilizantes

Mais magra desde que adotou uma rígida dieta, a presidente Dilma Rousseff ironizou nesta segunda-feira o boato espalhado em redes sociais de que estaria internada. “Vocês acham que eu estava?”, questionou a presidente, enquanto passava a mão na silhueta. Sem esperar a resposta, a petista mandou um beijo para os repórteres.

No fim de semana, um texto no aplicativo de mensagens WhatsApp afirmava que a presidente estaria sob atendimento médico no Palácio da Alvorada após uma overdose de tranquilizantes, numa suposta tentativa de suicídio. Após um evento no Palácio do Planalto, para o lançamento do Plano Safra para agricultura familiar, Dilma fez questão de ir falar com os jornalistas.

Nesta manhã, Dilma deixou a residência oficial para sua pedalada matinal, acompanhada de um segurança e de seu treinador. O exercício é complementar à dieta do argentino Máximo Ravenna, que ajudou a petista a perder 15 kg.

Jornal Midiamax