Le Blog Maria Antonia

Princesa Märtha Louise da Noruega denuncia racismo com o seu parceiro

A princesa Märtha Louise da Noruega diz que abriu os olhos para o racismo desde que compartilhou a sua vida com Durek Verrett, um xamã californiano conhecido em particular por ter sido o guru de Gwyneth Paltrow . Para Märtha Louise, da Noruega, o racismo é expresso não apenas por pura discriminação, mas também por […]

Maria Antonia Naegele Publicado em 09/06/2020, às 12h24

Foto : Reprodução/Instagram
Foto : Reprodução/Instagram - Foto : Reprodução/Instagram

A princesa Märtha Louise da Noruega diz que abriu os olhos para o racismo desde que compartilhou a sua vida com Durek Verrett, um xamã californiano conhecido em particular por ter sido o guru de Gwyneth Paltrow .

Para Märtha Louise, da Noruega, o racismo é expresso não apenas por pura discriminação, mas também por pequenos detalhes, tudo menos inofensivo. Entre eles, a maneira como as pessoas evitam Durek.

As pessoas pensam que não são racistas, mas não conhecem ninguém com uma cor de pele diferente da sua, além das pessoas que trabalham para elas”, disse ela.

“Como pessoa branca, preciso me educar, me tornar melhor e não apenas ser contra o racismo, mas também me tornar anti-racista “, disse a princesa em seu instagram.

Princesa Märtha Louise da Noruega denuncia racismo com o seu parceiro
Foto : Reprodução/Instagram
Princesa Märtha Louise da Noruega denuncia racismo com o seu parceiro
Foto : Reprodução/Instagram
Princesa Märtha Louise da Noruega denuncia racismo com o seu parceiro
Foto : Reprodução/Instagram

Jornal Midiamax