Variedades / Turismo

Quais os atuais requisitos para viajar à Europa

Informe-se sobre os requisitos para viajar à Europa neste momento e veja o que fazer quando o ETIAS entrar em vigor nas viagens com isenção de visto europeu.

None
Imagem de Michelle Raponi por Pixabay

Quais os atuais requisitos para viajar à Europa? 

Os atuais requisitos para viajar à Europa podem complicar os planos de muitos brasileiros e estrangeiros que tenham estado no Brasil nas semanas anteriores ao embarque. As restrições à entrada de turistas que partem de nosso país são um reflexo das nossas altas taxas de Covid-19 e da lentidão ao aplicar vacinas contra coronavírus em uma ampla porcentagem da população.

Por mais que tal situação venha melhorando nas últimas semanas, a ameaça de novas variantes do vírus pode fazer com que muitos países europeus mantenham proibições quanto à entrada de viajantes que partem do nosso território para o velho continente por motivos não-essenciais.

Quem deseja viajar à Europa em 2021 ainda deve se deparar com dificuldades nesse sentido, além de ter menos liberdade de montar um roteiro abrangente para aproveitar a proximidade entre diversos destinos turísticos internacionais. Portanto, o mais recomendável é planejar a viagem para quando houver uma maior abertura das fronteiras da Europa para brasileiros.

Confira aqui quais os requisitos em vigor nos principais destinos europeus para entrada de turistas vindos do Brasil e aproveite para saber mais sobre a nova autorização ETIAS, que vai se tornar um requisito de viagem para a Europa a partir de 2022. 

Principais requisitos para viajar à Europa agora 

Diversos países europeus já vêm admitindo as viagens não-essenciais provenientes do próprio bloco e se preparam para receber visitantes de outras partes do mundo. Ainda assim, há regras que dificultam a entrada de brasileiros e outros passageiros vindos do Brasil — salvo exceções como cidadãos europeus ou residentes nos países em questão, estudantes matriculados em cursos na Europa e estrangeiros atuando em determinados serviços.

Entre os países da Europa que atualmente se mantém fechados para turistas brasileiros, estão alguns dos principais destinos turísticos europeus, como: Portugal, Espanha, Itália, Reino Unido, Holanda e Alemanha.

Enquanto a Irlanda e países como a Albânia e a Romênia recebem os brasileiros sem restrições, França, Suíça e Finlândia estão permitindo a entrada de turistas brasileiros que apresentarem um certificado de vacinação completa, com a última dose necessária tomada há pelo menos 14 dias. Em geral, esse documento deve estar na língua local do país visitado e/ou em inglês, sendo que o comprovante emitido pelo ConecteSus atende às especificações necessárias. 

Alguns dos países que estão abertos a cidadãos completamente vacinados podem ter restrições quanto a imunizantes aplicados no Brasil que ainda não estiverem aprovados pela EMA (Agência Europeia de Medicamentos), como é o caso da Coronavac, e ter outros requisitos relativos à COVID-19, tais como o preenchimento de formulários, aquisição de seguro-saúde, realização de teste PCR antes do embarque e um período de quarentena.

Esta matéria se baseia em dados divulgados por órgãos oficiais até a data de fechamento desta edição. Mas, como as informações são atualizadas com frequência, é recomendável confirmar com as embaixadas e consulados do(s) destino(s) de sua viagem quais os requisitos em vigor.

Como o ETIAS vai afetar as viagens à Europa a partir de 2022

Os cidadãos brasileiros que optarem por viajar à Europa no ano que vem, possivelmente, vão se livrar das restrições de entrada nos países e da maioria dos requisitos em relação à Covid. Por outro lado, já está confirmado que até o final de 2022 vai se tornar obrigatório obter uma autorização para entrar na Europa com o ETIAS (Sistema Europeu de Informação e Autorização de Viagem), de acordo com as condições especificadas abaixo:

  1. Os viajantes brasileiros vão precisar do ETIAS para viajar à Europa com isenção de visto, para finalidades de turismo, negócios ou trânsito

  2. O processo para obter a autorização de viagem no ETIAS é totalmente online, começando pelo preenchimento de um formulário pela internet e pagamento da taxa com um cartão de crédito ou débito 

  3. A resposta é enviada por e-mail e, em caso afirmativo, o ETIAS fica vinculado eletronicamente ao passaporte registrado na solicitação 

  4. Uma autorização de viagem ETIAS dá direito a múltiplas entradas durante seu período de validade, que é de 3 anos ou até a expiração do passaporte

  5. Depois de entrar em um dos 26 países do Espaço Schengen europeu, o viajante pode circular por todo esse território sem passar por controles rigorosos entre as fronteiras internas. A permanência pode ser de até 90 dias, respeitando um período de intervalo de 180 dias entre cada entrada

Portanto, quem deixar para viajar à Europa depois que o ETIAS entrar em vigor deve contar com a autorização de viagem entre os requisitos para entrar e circular pelos países do Espaço Schengen.

Jornal Midiamax