Variedades / Saúde

Família de idoso que morreu após cair de maca pede indenização milionária

Vítima deu entrada com suspeita de pneumonia

Jessica Benitez Publicado em 16/01/2018, às 11h42

None

Vítima deu entrada com suspeita de pneumonia

Família do idoso José Fernandes, morto após cair de uma maca durante internação no Hospital Regional, entrou com ação na Justiça e pede indenização de R$ 3,8 milhões tanto ao Município quanto ao Estado e à Funsau (Fundação de Serviços da Saúde de Mato Grosso do Sul). O senhor, de 70 anos, estava com dores fortes na região do tórax e foi transferido de Camapuã para Campo Grande no dia 5 de dezembro do ano passado. A suspeita era de pneumonia.

Ele foi internado no Rosa Pedrossian onde, segundo narrado nos autos, foi constatada a necessidade de hemodiálise. O idoso foi passou para o setor de nefrologia e no fim da tarde daquele mesmo dia, a esposa do paciente, foi informada pelo hospital de que seu marido teria se submetido a uma cirurgia na cabeça porque havia caído da maca.

Depois, ele ficou em coma, respirando com ajuda de aparelhos. No dia 10 de dezembro, José teve morte cerebral declarada em decorrência de traumatismo craniado provocado pelo incidente ocorrido no hospital. A defesa da família chama a atenção para os fatos.

Família de idoso que morreu após cair de maca pede indenização milionária

A ação é movida por 13 pessoas, entre esposa, filhos e netos da vítima, o grupo pede indenização de 300 salários mínimos – cerca de R$ 286 mil – para cada um deles devido aos danos morais.

Além de R$ 172,6 mil referente à pensão alimentícia para a viúva.  Isso porque, de acordo com o processo, quem provia as despesas do lar era o idoso, portanto a companheira ficou desamparada financeiramente com a perda do marido. No fim da tarde dessa segunda-feira (15), o juiz Alexandre Ito, deu 30 dias para que as partes apresentem resposta à ação. O pedido de justiça gratuita foi deferido.

Jornal Midiamax