Variedades / Saúde

Após suspensão de 2 anos, HU volta a realizar cirurgia bariátrica pelo SUS

Procedimento havia sido suspenso por problemas técnicos em 2015

Maisse Cunha Publicado em 18/12/2017, às 21h14

None

Procedimento havia sido suspenso por problemas técnicos em 2015

​Depois de ficar suspensa por dois anos, será realizada no Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian (HUMAP-UFMS), na manhã desta terça-feira (19), a primeira cirurgia bariátrica pelo SUS (Sistema Único de Saúde).

A paciente é uma mulher de 49 anos, residente em Campo Grande, diabética, hipertensa, de 142kg, que aguarda na fila do SUS a realização do procedimento há mais de 3 anos.

O procedimento está marcado para acontecer às 7h, com duração entre uma ou duas horas. A previsão é que a paciente receba alta no dia seguinte, quarta-feira (20), por volta das 13h.

A equipe médica responsável pela realização da cirurgia é formada pelo médico Wilson Cantero, presidente regional da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica, pela chefe do setor de enfermagem do HU, Anna Charbel, um endocrinologista, um anestesista, além de um auxiliar de cirurgia.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM), são realizadas, em média, cerca de 60 procedimentos semelhantes a cada mês, em clínicas particulares de Campo Grande.

A Secretaria de Saúde de Mato Grosso do Sul (Sesau) informou que quase 100 pessoas estão na fila de espera, aguardando pela realização da cirurgia bariátrica. Outras 390 aguardam consulta pelo SUS para avaliar a necessidade ou não do procedimento.

Jornal Midiamax