Variedades / Saúde

No primeiro dia, Caravana da Saúde atende 129 pessoas por hora

Mais de 12 mil cirurgias oftalmológicas serão realizadas 

Júlia de Miranda Publicado em 10/05/2016, às 21h46

None
zoio.jpg

Mais de 12 mil cirurgias oftalmológicas serão realizadas 

A  10° edição da Caravana da Saúde em Campo Grande iniciou seus atendimentos nesta terça-feira no Centro de Convenções Albano Franco e contou com a presença do governador Reinaldo Azambuja. A fila hoje começou às 4 horas da manhã, o cadastramento às 5 e em 8 horas de atendimento a Caravana da Saúde, em seu primeiro dia na Capital, já contabilizou a média de 129 consultas/hora e agendamento de mais 350. Inicialmente estão sendo realizadas as consultas de oftalmologia e a partir do dia 14 (sábado) começam as cirurgias de oftalmologia, consultas e exames de especialidades, além dos atendimentos com mais de 46 instituições parceiras.

A expectativa é de que, nas mais diversas especialidades, o Governo do Estado termine o maior programa de saúde da história de Mato Grosso do Sul com 42 mil cirurgias realizadas nas 11 microrregiões de Saúde. Na Capital serão realizadas mais de 12 mil cirurgias oftalmológicas e 35 mil consultas só nesta especialidade.

Ainda na cidade estão previstas a realização de 10,8 mil consultas de especialidades, 35 mil consultas de oftalmologia, 4 mil cirurgias eletivas e 11 mil exames, como ressonância, tomografia, endoscopia, eletroencefalograma e ultrassom.

O governador destacou os exames de alta complexidade – colonoscopia, endoscopia e eletroneuromiografia- como as novidades desta edição. “Estarão disponíveis 1 mil exames de colonoscopia, 1 mil de endoscopia e 500 eletroneuromiografia. Teremos ainda vários parceiros como em outras microrregiões”, explicou.

Em parceria com instituições, universidades e outras empresas, a Caravana da Saúde irá oferecer diversos tipos de testes rápidos como HIV, glicemia, audiometria e aferição da pressão.

“Nós também faremos o atendimento de 87 idosos do Asilo São João Bosco que passarão por consultas de especialidades e também serão encaminhados ao Albano Franco para passarem por consulta e, precisando, por cirurgia de oftalmo”, lembrou o Azambuja.

Trânsito

A partir desta terça-feira (10), a Avenida Mato Grosso, em Campo Grande, pode ser parcialmente interditada para tráfego de veículos devido a realização da Caravana da Saúde, que será no Centro de Convenções Albano Franco. O planejamento do bloqueio é do Batalhão de Polícia Militar de Trânsito (BPTran).

De acordo com militares do batalhão, que  estão no local monitorando a movimentação, a interdição será de acordo com o fluxo de pedestres na via. O trecho da Avenida Mato Grosso entre as ruas Jaci Rios e Antônio Theodorowich pode ser fechado para veículos na pista sentido Parque dos Poderes/Avenida Neli Martins (Via Parque).

Já nos finais de semana 14, 15, 21, 22, 28 e 29 de maio, ou quando a movimentação no local for intensa, o bloqueio pode ser estendido para os dois lados da avenida. Para motoristas que dirigem pela região, são indicadas rotas alternativas como a Avenida Antônio Maria Coelho e a Avenida Afonso Pena, além das ruas do bairro Carandá Bosque.

No primeiro dia, Caravana da Saúde atende 129 pessoas por hora

Jornal Midiamax