Variedades / Saúde

Mosquito ganhando: notificações de dengue aumentam 460% na Capital

Registros passaram de 668 para 3.745 em uma semana

Kemila Pellin Publicado em 23/02/2016, às 18h56

None
dengue_1.jpg

Registros passaram de 668 para 3.745 em uma semana

O número de casos suspeitos de dengue em Campo Grande saltou de 668, na semana passada, para 3.745 nesta semana. O valor representam um aumento de 460% nos registros de fevereiro. Os casos suspeitos de zika também passaram de 169 para 752, e os de chikungunya de 12 para 34.

Ao todo, já são 12.998 notificações de dengue em 2016 e 466 casos confirmados. Também já foram registrados 4 casos do tipo mais grave da doença, com duas mortes confirmadas. A morte da estudante Leika Pereira Campos, de 33 anos, na última quarta-feira (17), no Hospital Regional, ainda está em investigação. A suspeita é de que ela seja a terceira vítima da dengue em Campo Grande neste ano.

O número de notificações de zika já chega a 1.613 e o da febre chikungunya a 127.

A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) ainda não se manifestou sobre o aumento significativo de casos na cidade. A SES (Secretaria Estadual de Saúde) ainda não divulgou o boletim epidemiológico semanal, com as notificações do Estado.

Jornal Midiamax