Variedades / Saúde

Interessadas em retomar Hospital do Trauma devem visitar obra nesta quinta

Prédio começou a se construído na década de 90

Midiamax Publicado em 16/03/2016, às 13h09

None
img-20160107-wa0069.jpg

Prédio começou a se construído na década de 90

Após vários anos parado, o prédio do Hospital do Trauma, anexo a Santa Casa, pode ser concluído. Nesta quinta-feira (17) os interessados na licitação para conclusão da obra farão uma visita ao prédio, o que pode dar fim a uma novela de, aproximadamente, 20 anos.

A obra começou na década de 90, como uma ampliação da Santa Casa, e vem se arrastando desde então, sendo em 2010 relançada no formato de unidade hospitalar voltada à traumatologia, principalmente por conta da alta demanda decorrentes de feridos em acidentes de trânsito.

Nelsinho Trad (PTB) chegou a anunciar a conclusão do hospital no final de seu mandato, em 2012, mas não cumpriu a promessa. Agora, com ajuda de Reinaldo Azambuja (PSDB) e da gestão de Alcides Bernal (PP), o prédio pode ser concluso, com investimento de R$ 8.701.224,58.

Do montante, R$ 5.638.836,02 serão investidos na reforma, R$ 2.171.544,16 para ampliação e R$ 890.844,40 para revisão. A obra será custeada da seguinte maneira: R$ 3.969.838,37 – Recurso disponível em conta, sendo R$ 3.263.448,67 pertencentes ao Convênio n. 628/2016, da Prefeitura Municipal de Campo Grande, e R$ 706.389,70 pertencentes ao Convênio n. 916/2002, do Ministério da Saúde. R$ 2.145.561,06 – Saldo à liberar referente ao convênio n. 916/2002 do Ministério da Saúde; R$ 1.694.980,75 – Recursos da Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso do Sul convênio n. 25.481/2016 – 001/2016. 5.3.

 A Quantia de R$ 890.844,40 (oitocentos e noventa mil oitocentos e quarenta e quatro reais e quarenta centavos), referente aos serviços de revisão, serão financiados com recursos próprios da Associação Beneficente de Campo Grande – Santa Casa.

Jornal Midiamax