Variedades / Saúde

Sobe o número de mortos por doença do legionário em Nova York

Número de mortos subiu para oito 

Clayton Neves Publicado em 07/08/2015, às 11h25

None
legddd.jpg

Número de mortos subiu para oito 

As autoridades confirmaram nesta quinta-feira uma nova vítima mortal pela doença do legionário em Nova York, o que eleva para oito o número de falecimentos na cidade desde que começou o surto da doença em meados de julho.

O departamento de saúde da cidade afirmou em seu último balanço que além dos oito mortos, foram confirmados um total de 97 casos, entre os quais 92 pessoas tiveram que ser hospitalizados e 48 já receberam de alta.

O epicentro do surto continua sendo o sul do condado do Bronx, onde as autoridades já identificaram cinco torres de refrigeração que deram positivo e que foram tratadas para eliminar a bactéria.

No entanto, nesta terça-feira foi confirmada a morte de uma mulher de 58 anos vítima da doença do legionário no estado de Michigan em uma zona onde já tinha sido reportado outro caso dessa doença, segundo a imprensa local.

As autoridades nova-iorquinas reiteraram hoje que a provisão de água é segura em toda a cidade e que os sistemas de ar condicionado particulares não estão afetados, por isso que esclareceram que é seguro seguir utilizando os mesmos.

Enquanto isso, o departamento de saúde conta com um painel de especialistas sobre doenças infecciosas para discutir sobre a resposta que deu a cidade até o momento e assegurar que se adotam as medidas necessárias para eliminar a origem do surto.

O prefeito de Nova York, Bill de Blasio, garantiu na terça-feira em entrevista coletiva que o surto começou a ser controlado e anunciou que adotará medidas “agressivas” junto ao conselho municipal para tentar evitar que se repitam novos surtos no futuro, como mais inspeções nas torres de refrigeração e novas recomendações em caso de diagnóstico positivo e sanções para os que não cumpram com os novos padrões, segundo o escritório de imprensa do prefeito.

A doença do legionário é um tipo de pneumonia causada por bactérias que se adquire, geralmente, por respirar vapor de água que contém as bactérias e que pode provir de banheiras, duchas quentes ou de grandes unidades de refrigeração.

O primeiro surto da doença do legionário que foi reportado aconteceu em 1976 nos Estados Unidos, onde 221 veteranos de guerra reunidos em um hotel da Filadélfia (Pensilvânia) foram infectados e 34 deles morreram.

Jornal Midiamax