Variedades / Saúde

Sesau assina termo de compromisso para regularizar farmácias

O termo garante a necessidade da presença do profissional

Diego Alves Publicado em 16/06/2015, às 23h08

None
20150616173253.jpg

O termo garante a necessidade da presença do profissional

A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública) e o Conselho Regional de Farmácia do Estado de Mato Grosso do Sul assinaram, na tarde desta terça-feira (16), o Termo de Compromisso Mútuo para a Regularização das Farmácias Municipais em Campo Grande. O termo garante a necessidade legal da presença de um profissional farmacêutico habilitado durante todo o tempo de funcionamento das farmácias municipais.

“O município conta hoje com 79 farmácias distribuídas nas Unidades Básicas de Saúde, UPA (Unidades de Pronto Atendimento) e CRS (Centros Regionais de Saúde) e já garantimos com que 80% das unidades já tenha o profissional em todo o período de funcionamento das unidades”, explica o coordenador de Assistência à Farmácia, Américo Nogueira. 

O secretário municipal de Saúde Pública, Jamal Salém, enaltece que em um ano foram chamados 44 farmacêuticos concursados, o que representa quase a metade do número de profissionais já existentes na rede. “Ao todo, são 111 farmacêuticos atuando hoje nas farmácias municipais e as chamadas ainda estão correndo no intuito de suprir toda a demanda do município”, esclarece o secretário.

Para o presidente do CRF/MS (Conselho Regional de Farmácia), Ronaldo Abrão, a regularização dos estabelecimentos irá diminuir custos à Prefeitura e promover benfeitoria à população. “Os pacientes terão de receber a medicação de um profissional qualificado e habilitado. Com isso, serão melhor instruídos e consequentemente a sua recuperação será mais rápida e eficaz, evitando o retorno médico”, explica Ronaldo.

Pelo acordo, o CRF/MS se compromete a facilitar ao máximo o registro das farmácias públicas municipais, isentando a prefeitura de taxas e encargos e, em contrapartida, a Secretaria de Saúde se empenhará ao máximo para registrar imediatamente os estabelecimentos e buscará a assistência farmacêutica total nas farmácias das Unidades Básicas da Saúde da família.

Jornal Midiamax