Variedades / Saúde

Secretaria de Saúde notifica 67 casos de febre chikungunya em Mato Grosso do Sul

Ano passado um homem contraiu a doença e precisou ser internado em Campo Grande.

Midiamax Publicado em 07/01/2015, às 18h07

None
documentos_.jpg

Ano passado um homem contraiu a doença e precisou ser internado em Campo Grande.

A SES (Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso do Sul) publicou nesta quarta-feira (7), o boletim epidemiológico número 8 da febre chikungunya no Estado. De acordo com dados levantados pelo órgão, há 67 notificações da doença até o momento, com apenas um caso confirmado, sendo este registrado em Campo Grande no ano passado.

No entanto, ainda se espera o resultado de 56 amostras que foram enviadas para o Instituto Evandro Chagas, no Pará.   

Fique atento: Ao sentir febre de início súbito maior que 38,5ºC e dor intensa nas articulações de início agudo, acompanhada ou não de edemas ou inchaços deve procurar de imediato ajuda médica.

A febre chikungunya oferece diferentes condições de riscos a gestantes, crianças menores de 2 anos, idosos com mais de 65 anos e pessoas com comorbidade. 

Jornal Midiamax