Variedades / Saúde

OMS vai convocar reunião de emergência sobre o coronavírus mers

126 pessoas contraíram o mers na Coreia do Sul e 11 morreram

Clayton Neves Publicado em 12/06/2015, às 18h10

None
2015-06-12t091218z_15454732.jpg

126 pessoas contraíram o mers na Coreia do Sul e 11 morreram

A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou nesta sexta-feira (12) que convocará em breve uma reunião de emergência sobre o coronavírus mers (Síndrome Respiratória do Oriente Médio) que se propaga na Coreia do Sul.

No total, 126 pessoas contraíram o mers no país asiático e 11 morreram desde o primeiro diagnóstico, realizado em 20 de maio, em um homem que voltava da Arábia Saudita e de outros países do Golfo.

“O número de novos casos se reduz, mas devemos vigiar de perto a situação”, declarou o porta-voz Tarik Jasarevic.

Não existe qualquer vacina ou tratamento para o Mers, cuja taxa de mortalidade se eleva a 35%, segundo a OMS.

Na Arábia Saudita, mais de 950 pessoas pegaram o vírus desde 2012, das quais 412 morreram.

Nova morte preocupa na Coreia
Ainda nesta sexta, o governo sul-coreano divulgou a morte de uma moradora da província de Jeolla do Sul, no sudoeste do país, o que elevou para 11 o total de óbitos.

Com mais essa morte, a taxa de mortalidade do surto de Mers é superior a 8%.

Casos do vírus foram reportados em até 55 centros de saúde e pelo menos cinco deles fecharam suas portas para novos pacientes.

O número de pessoas submetidas à quarentena de forma preventiva chega a 3.680, enquanto 2.788 instituições de ensino, 14% das aproximadamente 20 mil que existem em todo o país, permanecem fechadas.

O surto gerou forte alarde social na Coreia do Sul, onde muita gente começou a usar máscaras nas ruas e a aumentar as medidas de higiene, além de evitar, na medida do possível, hospitais e lugares movimentados.

Jornal Midiamax