Variedades / Saúde

Instituições parceiras oferecem assistência a pacientes da Caravana da Saúde

 A Caravana realizou neste sábado o Dia D

Diego Alves Publicado em 03/10/2015, às 22h17

None
jbc_7120-672x372.jpg

 A Caravana realizou neste sábado o Dia D

Com mais de 35 instituições parceiras, a Caravana realizou neste sábado o Dia D de atendimentos no município de Corumbá em sua sexta edição. Pacientes dos municípios de Corumbá e Ladário além dos atendimentos oftalmológicos e especialidades, tiveram acesso a serviços como: atendimentos jurídicos, retirada de documentos, entrega de órteses e próteses e até mesmo de armações de óculos para pacientes com consultas oftalmológicas.

Participando pela primeira vez das ações da Caravana da Saúde, o Lions Clube Internacional de Corumbá disponibilizou 2 mil armações de óculos gratuitas para pacientes que passaram pelos atendimentos oftalmológicos na Caravana. Para o presidente do Lions Club, Ramão Santana de Amorim, a parceria com a Caravana da Saúde amplia os serviços e o alcance do trabalho disponibilizado pela instituição.

“Temos uma meta a alcançar nos serviços de auxilio a população. A parceria com a Caravana nos ajuda a alcançar esta meta e conseqüentemente auxilia no trabalho junto a sociedade. Disponibilizamos cerca de 2 mil armações de óculos americanas para os pacientes que passarão pelo atendimento oftalmológicos ou possuem a recita. È uma iniciativa de grande ajuda a população corumbaense e o Lions Clube desde o inicio dos trabalhos do programa se prontificou a colaborar.”, disse o presidente.

A moradora de Corumbá, Ivone Mendes Padilha, 60 anos, elogiou a iniciativa e destacou a dificuldade para se adquirir um óculos pelo alto custo. “É um ótimo trabalho para a população de Corumbá, em especial para aqueles que não têm condições em conseguir um óculos devido ao custo. Passei pelos atendimentos oftalmológicos e aproveitei para conseguir estas armações, o que acaba sendo um custo a menos”, disse Ivone.

Parceira da Caravana da Saúde desde a sua primeira edição, o CER/APAE (Centro Especializado de Reabilitação) entregou em Corumbá 35 cadeiras de rodas, além de cadastrar pacientes que precisam adquirir órteses e próteses na região. De acordo com a coordenadora do CER Campo Grande, Maria Anizia Franchi, a entrega das cadeiras de rodas é um trabalho de rotina da instituição para atender as demandas acumuladas na fila dos municípios e a Caravana dinamiza a entrega para os pacientes que estão há muito tempo aguardando.

“Fazemos o possível para atender toda a fila que o município possui e também as demandas espontâneas. Além disso, disponibilizamos uma equipe para a realização de oficinas ortopédicas que tiram as medidas para a confecção de órteses e próteses aos visitantes. A colaboração com a Caravana resulta no aumento da atuação do CER/APAE para a população do município e são resultados positivos que registramos desde o inicio do programa”, disse a coordenadora.

Sentindo dores nos joelhos há mais de 15 anos, a moradora em Corumbá, Adivina Sebastiana de Souza, 69 anos, procurou o CER para adquirir uma cadeira de rodas.

“A Caravana está de parabéns por disponibilizar estes serviços médicos que mitos não tem acesso. Aproveitei para fazer as consultas de oftalmo e também para pedir uma cadeira de rodas. Comecei a usar muletas por causa das dores, pois não conseguia uma cirurgia. Hoje as muletas não adiantam, por isso fiz o pedido da cadeira. É um serviço que muitas vezes precisamos sair da cidade para ser atendido, mas com a Caravana este atendimento chega até o paciente”, disse a moradora.

A Caravana da Saúde também conta como instituições parceiras: Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Tribunal de Justiça, SESI, DETRAN, Ministério Público Estadual, PROCON entre outras.

Jornal Midiamax