Variedades / Saúde

Embalado, Grêmio vence na Vila e manda Santos para a degola

A fase gremista desde a chegada do técnico Roger

Diego Alves Publicado em 05/07/2015, às 20h44

None
geuvanioexpulsodelamonicafp.jpg

A fase gremista desde a chegada do técnico Roger

A fase gremista desde a chegada do técnico Roger teve o mais novo capítulo escrito neste domingo. Na Vila Belmiro, o clube dominou o Santos e venceu o confronto válido pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro por 3 a 1, embalando a quinta vitória consecutiva. Pedro Rocha, Rafael Galhardo e Yuri Mamute marcaram pelos visitantes, enquanto o artilheiro Ricardo Oliveira descontou para os santistas, que entraram na zona de rebaixamento.

O resultado deu a liderança provisória da competição ao clube gaúcho, que ultrapassou o Sport nos critérios de desempate. O time tricolor tem 23 pontos e sete vitórias, contra seis dos pernambucanos, vice-líderes. A situação pode mudar dependendo do resultado do Atlético-MG na sequência da rodada. Na outra ponta da tabela está o Santos, 17º colocado, o primeiro da zona da degola. Com dez pontos, a equipe de Marcelo Fernandes perde no desempate para Flamengo (mais vitórias) e Goiás (saldo de gols).

O Grêmio não precisou de muito tempo para sair na frente. Confortável atacando a inexperiente defesa santista, composta pelos jovens volantes Thiago Maia e Lucas Otávio, fora o lateral Caju e o zagueiro Paulo Ricardo, o time gaúcho avançou pela direita com Giuliano, que enfiou Luan dentro da área, aos 4min. Livre, o atacante cruzou rasteiro dentro da pequena área e Pedro Rocha só teve o trabalho de empurrar para o gol.

A equipe da casa tentou reagir e passou a dominar a posse de bola do confronto, mas sem objetividade. Gabriel e Geuvânio se alternavam pelas pontas esquerda e direita, mas nenhum dos dois era produtivo ao cair pela ala canhota. Enquanto isso, os gremistas esperavam pacientemente oportunidades para o contra-ataque. Elas não apareceram até os 29min, quando Geuvânio recebeu o segundo cartão amarelo após retornar ao gramado depois de um atendimento médico sem a autorização do árbitro Felipe Gomes da Silva e foi expulso.

Dali em diante, a desesperada equipe santista, com a necessidade de buscar a virada para se recuperar no campeonato, deixou os espaços que o Grêmio queria para contragolpear, embora não tenha aproveitado as chances que criou para ampliar.

Com vantagem numérica, o time treinado por Roger Machado voltou com o controle da partida na etapa complementar, repetindo o bom início. Logo aos 4min, o placar já marcava 2 a 0, pois Giuliano encontrou Rafael Galhardo infiltrando pelo lado direito da área e o lateral encheu o pé cruzado, sem chances de defesa para Vanderlei.

O Santos dependia de lances esporádicos para levar perigo a Marcelo Grohe e foi a partir de um desarme no campo de ataque de Thiago Maia que a equipe alvinegra esboçou a reação. O jovem volante conseguiu a roubada de bola e acionou Lucas Lima próximo à entrada da área. O meia parou, encontrou Ricardo Oliveira na infiltração e acionou o goleador do Campeonato Brasileiro, que finalizou de pé esquerdo, por cima de Grohe, para diminuir. Este foi o sétimo gol do camisa 9 na competição, isolando-o ainda mais na artilharia.

As chances de empate foram enterradas aos 36min, quando Edinho encontrou Yuri Mamute sozinho dentro da área santista e o atacante tocou entre as pernas de Vanderlei para fechar o placar.

Na 12ª rodada, o clube alvinegro fará um confronto direto com os goianos no Serra Dourada, agendado para as 19h30 da próxima quarta. O Grêmio encara a Chapecoense na Arena Condá no mesmo dia e horário.

GOLS

Santos 0 x 1 Grêmio – 4min do primeiro tempo

Luan foi lançado na área pela direita e cruzou por baixo. Pedro Rocha antecipou à marcação e desviou para o fundo da rede.

Santos 0 x 2 Grêmio – 4min do segundo tempo

Após bela troca de passes, Galhardo recebeu de Giuliano na área pela direita e bateu cruzado, rasteiro, sem chance para o goleiro.

Santos 1 x 2 Grêmio – 19min do segundo tempo

Lucas Lima avançou pelo meio e passou para Ricardo Oliveira na área. O atacante chutou forte, no alto, e venceu o goleiro Marcelo Grohe.

Santos 1 x 3 Grêmio – 36min do segundo tempo

Yuri Mamute recebeu de Edinho na área, sozinho, e chutou na saída do goleiro Vanderlei para definir o placar final.

FICHA TÉCNICA – SANTOS 1 X 3 GRÊMIO

Local : Estádio da Vila Belmiro, em Santos (SP)

Data : 5 de julho de 2015

Horário : 16h (Horário de Brasília)

Árbitro : Felipe Gomes da Silva (PR-ASP-FIFA)

Assistentes : Rafael Trombeta (PR-CBF-1) e Luciano Roggenbaum (PR-CBF-1)

GOLS

SANTOS : Ricardo Oliveira, aos 19 do segundo tempo.

GRÊMIO : Pedro Rocha, aos 4 do primeiro tempo. Galhardo, aos 3 do segundo tempo, e Yuri Mamute aos 35 do segundo tempo.

Cartões amarelos: Gabriel, Geuvânio (2), Caju, David Braz (Santos); Walace (Grêmio)

Cartão vermelho: SANTOS: Geuvânio.churebas

Renda : R$ 136.690

Público : 4.942 presentes

SANTOS : Vanderlei, Victor Ferraz, David Braz, Paulo Ricardo e Caju; Lucas Otávio (Rafael Longuine), Thiago Maia (Neto Berola) e Lucas Lima; Geuvânio, Gabriel (Nilson) e Ricardo Oliveira. Técnico : Marcelo Fernandes

GRÊMIO : Marcelo Grohe; Galhardo, Geromel, Rhodolfo (Erazo) e Marcelo Oliveira; Walace, Edinho, Giuliano e Douglas (Moisés); Luan e Pedro Rocha (Yuri Mamute). Técnico : Roger Machado

Jornal Midiamax