Variedades / Saúde

Chega a 29 o número de mortes causadas pelo coronavírus Mers na Coreia do Sul

Surto já infectou 180 pessoas com a doença

Gerciane Alves Publicado em 25/06/2015, às 11h08

None
coronas_virus.jpg

Surto já infectou 180 pessoas com a doença

A Coreia do Sul informou nesta quinta-feira (25) de duas novas mortes causadas pela Síndrome Respiratória do Oriente Médio, o novo coronavírus, o que eleva para 29 o número de vítimas fatais desde o início do surto no país asiático em maio.

O Ministério da Saúde e Bem-estar sul-coreano registrou também um novo contágio, motivo pelo qual o número de casos confirmados do novo coronavírus sobe para 180.

Este paciente contraiu a doença aparentemente ao dividir um quarto em um hospital de Busan, no sudeste do país, com outra pessoa portadora do vírus MERS-CoV, como se confirmaria mais tarde.

Das 180 pessoas diagnosticadas com a doença, 62 se encontram em condição estável, segundo o Ministério.

Até agora, 74 pessoas que haviam sido diagnosticadas com a doença desde o último dia 20 de maio se recuperaram totalmente.

Por sua vez, 2.642 pessoas (quase 500 a menos que no véspera) que tiveram contato direto com pacientes portadores do vírus permanecem em quarentena hoje para evitar mais infecções e à espera que passem os 14 dias do período máximo de incubação.

Desde a detecção do surto 14.500 pessoas tiveram que passar por quarentena na Coreia do Sul.

Com as mortes de hoje, a taxa de mortalidade desta doença respiratória, detectada pela primeira vez na Arábia Saudita em 2012, subiu para 16% no país asiático.

A Coreia do Sul é, depois da Arábia Saudita, o segundo país com maior número de casos desta afecção que, por enquanto, não tem vacina nem cura conhecida.

Jornal Midiamax