Variedades / Saúde

Caravana da Saúde chega a Corumbá e inicia consultas oftalmológicas nesta terça-feira

Além das consultas oftalmológicas, estão previstas 1.800 cirurgias

Midiamax Publicado em 29/09/2015, às 12h06

None
img_5991.jpg

Além das consultas oftalmológicas, estão previstas 1.800 cirurgias

Campo Grande (MS) – Cerca de 5.500 consultas oftalmológicas estão programadas para a Caravana da Saúde que chega aos municípios de Corumbá e Ladário a partir de amanhã (29) quando se iniciam as consultas nas carretas instaladas na Escola Estadual João Leite de Barros em Corumbá. Este é o começo das ações do programa, que terá o seu Dia D no sábado, 3 de outubro.

Além das consultas oftalmológicas, estão previstas  1.800 cirurgias oftalmológicas, 300 cirurgias hospitalares, 900 consultas de especialidades e 900 exames. Entre as especialidades disponibilizadas para exames no dia 3 estão ultrassonografia e endoscopia, além das consultas em cardiologia, reumatologia, ortopedia, reumatologia entre outras.

As cirurgias oftalmológicas estão previstas para começarem no dia 1º de outubro, estendendo-se até a conclusão da fila de atendimentos da região. No dia D, a Caravana da Saúde contará com o atendimento de mais de 35 parceiros, entre eles o Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJMS), Hemosul, Hospital do Câncer Alfredo Abrão, Exército, Hospital do Câncer de Barretos, Sest/Senat, Defesa Civil entre outros.

Também como um dos parceiros da Caravana da Saúde, a Marinha do Brasil disponibilizará um navio- hospital para atendimentos odontológicos que também começarão nesta terça-feira e continuarão até o dia 3 de outubro. Além do navio-hospital, a Marinha também dará suporte no transporte de comunidades ribeirinhas que passarão pelos atendimentos da Caravana no dia 3 de outubro.

O cadastro para os atendimentos da Caravana da Saúde já estão abertos e podem ser realizados através do site www.caravanadasaude.ms.gov.br . O Programa Caravana da Saúde já soma mais de 6 mil cirurgias realizadas ao longo de suas  cinco edições. A Caravana passará pelas 11 microrregiões de Mato Grosso do Sul, com o objetivo de reduzir o número da fila de espera para os diversos procedimentos de saúde, além de levar a reestruturação dos serviços de saúde como estratégia de melhoria dos atendimentos à população de cada região visitada.

Jornal Midiamax