Variedades

Painéis instalados no Rio simulam calor humano para matar Aedes

Iniciativa surgiu de parceria entre agências de publicidade

Norberto Liberator Publicado em 22/04/2016, às 12h27

None
mosco-del-dengue.jpg

Iniciativa surgiu de parceria entre agências de publicidade

Agências de publicidade se uniram para uma ação contra o Aedes aegypti, no Rio de Janeiro. Painéis publicitários instalados na cidade pelas empresas Cargo Collective, Postercope e NBS simulam o calor humano, atraindo os mosquitos e fazendo com que eles morram.

Os painéis emitem ácido lático, misturado com dióxido de carbono, e atrai os mosquitos por ter as mesmas substâncias encontradas no suor e na respiração de seres humanos. Luzes fluorescentes também chamam atenção do Aedes.

Segundo os organizadores do projeto, o painel pode atrair mosquitos em uma distância de até quatro quilômetros. Quando o inseto se aproxima, um sugador a cerca de 1,2 metro do chão aspira o mosquito para dentro do painel. O Aedes acaba morrendo por desidratação.

A iniciativa é de código aberto, ou seja, pode ser replicada por qualquer empresa ou pessoa, sem necessidade de pagamento de direitos autorais. O custo da construção é de aproximadamente R$ 700.

Jornal Midiamax