Variedades

Dois homens são presos após invadir programa e insultar nadador Ryan Lochte

Lochte foi pivô de polêmica durante Jogos Olímpicos

Norberto Liberator Publicado em 13/09/2016, às 13h17

None
lochte_dancingwiththestars.jpg

Lochte foi pivô de polêmica durante Jogos Olímpicos

Dois homens foram presos na noite da última segunda-feira (12) em Los Angeles, depois de invadirem o reality show 'Dancing With The Stars' ('Dançando com as Estrelas') e atacar o nadador Ryan Lochte, que causou polêmica durante as Olimpíadas após falso relato de assalto. O incidente não foi ao ar, nem divulgado pela rede CBS, que produz o programa.

Após a jurada Carrie Ann Inaba criticar a performance de Lochte e sua parceira Cheryl Burke, os dois homens entraram no estúdio e se dirigiram ao atleta, usando camisetas em que aparecia o rosto de Lochte com sinal de "proibido", mas foram barrados pela segurança, de acordo com o portal norte-americano ABC News.

O jornal Los Angeles Times afirma que o programa foi imediatamente cortado e entrou no ar um intervalo comercial, até que a situação fosse contornada. Ao retornar, o apresentador Tom Bergeron disse que o programa saiu do ar devido a um “pequeno incidente”.

O oficial Mike Lopez, da polícia de Los Angeles, disse que os dois detidos foram identificados como Sam Sododeh, de 48 ans, e Barzeen Soroudi, 40. Eles tinham ingressos para estar no auditório e já chegaram ao local planejando um confronto com o atleta, afirma o agente, citado pelo Los Angeles Times.

Jornal Midiamax