Variedades

No dia de Cosme e Damião, onde estão os festejos de celebração à data na Capital

A data já foi considerada uma das mais importantes dos calendários religiosos 

Mikaele Teodoro Publicado em 27/09/2015, às 16h44

None
cosme.jpg

A data já foi considerada uma das mais importantes dos calendários religiosos 

No Candomblé e na Umbanda, hoje, domingo (27) é dia de Cosme e Damião. Para católicos a data foi comemorada no sábado (26). Na Igreja Ortodoxa, os santos são celebrados no dia 1º de novembro. Já os ortodoxos gregos comemoram em 1º de julho. Independente da data, a verdade é que o simbolismo e a importância destes santos é praticamente a mesma em todas essas praticas religiosas. Os dois são considerados protetores dos gêmeos e das crianças. Por isso, as pessoas criaram o costume de distribuir os doces para homenagear os santos ou cumprir promessas feitas a eles.

Os ritos de celebração já foram maiores. Antigamente, a data era considerada uma das mais importantes do calendário e de grande apreço das crianças que recebem os doces. Para os católicos, eles também são considerados os padroeiros dos farmacêuticos, médicos e das faculdades de medicina.

No Candomblé e Ubanda, são conhecidos como os orixás Ibejis. São filhos gêmeos de Xangô e Iansã. Em celebração ao dia dos irmãos, há o costume de fazer caruru (uma comida típica da tradição afro-brasileira) e distribuir para as crianças.

Cosme e Damião eram irmãos gêmeos, e médicos, e viveram na Ásia Menor. Costumavam oferecer tratamentos por caridade, sem cobrar por isso. Morreram por volta do ano 300 d.C. degolados, vítimas de uma perseguição do imperador romano Deocleciano.

Em Campo Grande, um dos poucos lugares que mantém a tradição de oferecer os doces e celebrar a data, é o Templo de Umbanda Pai Oxalá. Por lá, os festejos se iniciam às 16 hotas. Haverá distribuição de doces e muita festa. O templo fica na Rua Joana Dar’c, 819, Pioneiros. Se você conhece outros pontos de distribuição e celebração da data, conte para a gente.

Jornal Midiamax