Variedades

Inscrições para processo seletivo da Rede e-Tec serão abertas nesta quinta-feira

O editaloferecerá 360 novas vagas para a qualificação em Técnico de Agronegócio

Gerciane Alves Publicado em 01/07/2015, às 19h17

None
senar.jpg

O editaloferecerá 360 novas vagas para a qualificação em Técnico de Agronegócio

O curso de nível médio oferecido na modalidade EaD  (Ensino a Distância), do Senar/MS (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural), por intermédio do programa federal Rede e-Tec, lançará nesta quinta-feira (2) o edital que oferecerá 360 novas vagas para a qualificação em Técnico de Agronegócio, com pólos presenciais nos municípios de Maracaju, Dourados, Coxim e Campo Grande.

 O curso possui 1.230 horas/aula e duração de dois anos, com 20% da carga horária oferecida nos polos presenciais. Segundo o coordenador da Unidade de Tecnologia e Inovação do Senar/MS, Roberto Murillo, os detalhes sobre a quantidade de vagas e inscrições estarão disponíveis no site da instituição. “Todos poderão participar do processo seletivo que funciona com agendamento de provas e os detalhes serão disponibilizados no portal www.senar.org.br/etec”, esclarece.

Murillo reforça ainda que os candidatos remanescentes da primeira seleção somam 65 pessoas, interessadas em aprender uma nova profissão, com foco no setor que mais cresce no país: o agronegócio. “Os resultados da primeira turma superaram nossas expectativas, visto que obtivemos um percentual expressivo de alunos já graduados e outros com especialização que decidiram participar do curso Técnico Agronegócio. Outro ponto favorável foi a baixa evasão dos estudantes que demonstram dedicação e comprometimento nos trabalhos e aulas”, acrescentou o coordenador.

 Na avaliação do superintendente do Senar em Mato Grosso do Sul, Rogério Beretta, iniciativas como a da rede e-Tec ampliam a oportunidade para que cidadãos de todas as regiões do país possam concluir os estudos ou se especializar ainda mais. “O Senar está definitivamente integrado na era da formação continuada e o estabelecimento da modalidade EaD otimizou ainda mais esta oportunidade, por abranger localidades mais distantes. Nós contamos atualmente com mais de 160 capacitações que variam de 20 a 240 horas/aulas e agora, temos um curso de nível médio que formará trabalhadores capacitados para um mercado de trabalho exigente e tecnológico”, concluiu.

O programa implantado em 2015 pelo Senar Central tem a finalidade de assegurar ensino diferenciado, com a proposição de conteúdo didático direcionado à realidade do campo. A meta da instituição é formar uma rede de cobertura nacional com mais de 100 polos de apoio presencial e garantir 20 mil vagas somente para a qualificação de Técnico em Agronegócio.  Em 2014, foram abertas 240 vagas.

 Atualmente 20 unidades estão em funcionamento em nove estados: Mato Grosso do Sul, Amazonas, Goiás, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Sergipe. Todas com infraestrutura física, tecnológica e professores, prontas para o início das atividades e contando com salas de aula e videoconferência, laboratórios de informática, bibliotecas e todos os requisitos de acessibilidade para portadores de necessidades especiais.

Sobre o Sistema Famasul – O Sistema Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de MS) é um conjunto de entidades que dão suporte para o desenvolvimento sustentável do agronegócio e representam os interesses dos produtores rurais de Mato Grosso do Sul. É formado pelo Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural), Funar (Fundação Educacional para o Desenvolvimento Rural), Aprosoja/MS (Associação dos Produtores de Soja) e pelos sindicatos rurais do Estado.

Jornal Midiamax