Pela segunda vez no ano, MS baixa ocupações das UTIs Covid para 59%

Estado possui 222 UTIs disponíveis para novas internações Covid-19

Dândara Genelhú Publicado em 04/08/2021, às 18h58

None
Foto: Ilustrativa/ Reprodução.

Depois de passar por diversos dias seguidos de superlotação, Mato Grosso do Sul volta a registrar números baixos de ocupação das UTIs (Unidades de Terapia Intensivas) para Covid-19. Pela segunda vez em 2021, o Estado baixou para 59,04% o índice de internações nesses leitos nesta quarta-feira (4).

São 320 pessoas internadas em estado grave da Covid-19 ainda no Estado. Assim, 222 leitos de UTI seguem vagos, caso mais pacientes precisem de suporte médico.

Desde janeiro de 2021, essa taxa só havia sido registrada em 21 de julho. Os 59% são os menores índices de internações de UTI Covid Adulto no Estado neste ano.

Nesta quarta-feira (4), os leitos clínicos exclusivos para a doença marcam 31,64% de lotação. São 331 pessoas internadas por causa do coronavírus.

Restam 715 leitos clínicos para atender novas internações em MS. Os dados das instalações que atendem os infectados são disponibilizados pela SES (Secretaria de Estado de Saúde), pelo Mais Saúde, com atualização às 18h50.

Jornal Midiamax