MS aguarda nova definição de doses após Ministério confirmar apenas 1,5 milhão de Janssen

Com apenas metade do lote previsto pelo Ministério, distribuição aos estados pode ser alterada

Ministério vai receber menos do que o esperado no primeiro lote da vacina.
Ministério vai receber menos do que o esperado no primeiro lote da vacina. - Foto: Reprodução.

Ainda aguardando definição sobre doses de reserva, Mato Grosso do Sul agora espera definição do Ministério da Saúde sobre quantas unidades de Janssen o Estado irá receber. Nesta segunda-feira (21), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou que 1,5 milhão de doses do imunizante chegam ao Brasil nesta terça-feira (22).

Durante a audiência pública na Comissão Temporária da Covid-19, que aconteceu no Senado nesta segunda-feira (21), o ministro afirmou que a data de entrega e quantidade de doses foi recalculada. Com isso, MS espera definições do Ministério para saber quantas unidades do imunizante irá receber.

Ao Jornal Midiamax, o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, lembrou que a pauta que havia sido distribuída garantia 38,4 mil doses da Janssen para MS quando o lote era de 3 milhões de vacinas. “Nós estamos na expectativa. Agora, que são 1,5 milhão, não sei se vão aguardar vir o outro lote suplementar de 1,5 milhão ou se vão fazer outro informe, agora indicando outro quantitativo de vacinas para MS”, explicou.

Além disso, MS solicitou doses de contingência de reserva para imunizar municípios que fazem divisa com outros países. “Estamos aguardando também a definição daquele lote, da reserva técnica do Ministério da Saúde para a gente fazer aquele estudo nos municípios de fronteira”, destacou o secretário. A resposta para o pedido está prevista para a quarta-feira (23).

O Ministério da Saúde afirmou ao Jornal Midiamax que a Pasta aguarda detalhes sobre o embarque da carga e também do voo que deve trazer as vacinas para o Brasil. Assim, ainda não há definições sobre o imunizante de uma dose apenas, qual horário deve chegar e quantas doses irão para cada estado.

Jornal Midiamax