Drive Thru da Reciclagem: descarte correto de óleo e medicamentos leva à preservação de 27 milhões de água

Evento de sustentabilidade aconteceu no começo do mês nos Altos da Afonso Pena

Mariane Chianezi Publicado em 21/06/2021, às 18h40

None
Divulgação/PMCG

Em comemoração ao Dia Mundial do meio Ambiente, 5 de Junho, e com foco voltado na mudança de comportamento e na conscientização ambiental, o Fundo de Apoio à Comunidade (FAC), por meio da Prefeitura Municipal de Campo Grande, em parceria com a Du Bem Produtos Sustentáveis realizou, de 3 a 5 de Junho, o 3º Drive Thru da Reciclagem.

[Colocar ALT]
Divulgação/PMCG

Diante de uma população cada vez mais participativa, a quantidade de resíduo arrecadado superou as edições anteriores. O descarte correto de óleo de cozinha usado e medicamentos vencidos fizeram com que 27.375 milhões de litros de água fossem preservados, três vezes mais do que as duas primeiras edições do ano passado.

Este ano, assim como no ano anterior, devido a pandemia da Covid-19, a coleta teve que ser no formato drive thru. A modalidade foi bem aceita pela população campo-grandense que contribuiu com o descarte de cerca de 5 toneladas de resíduos, tendo em vista a quantidade arrecadada nas duas primeiras edições, onde oito toneladas de resíduos foram descartadas de forma correta.

Além dos ambientes de descarte, o FAC recebeu doações de roupas, alimentos, móveis, dentre outros. Durante os três dias de ação foram arrecadadas 1.062 peças de roupas, 78 pares de sapatos, 40 brinquedos e 60 quilos de alimentos. As doações serão destinadas para famílias que vivem em situação de vulnerabilidade socioeconômica.

Ainda foram coletados: 720 quilos de vidro; 70 quilos de plástico, 70 quilos de latinhas, 250 quilos de papel/papelão; 3.480 quilos de material eletrônico; 10 quilos de sucata de ferro; 10 quilos de sucata de ferro; 50 quilos de medicamentos vencidos; 538 unidades de lâmpadas; 723 pilhas.

Para a primeira-dama de Campo Grande, gestora do FAC e presidente da Comissão Municipal dos Objetivos de Desenvolvimentos Sustentáveis de Campo Grande, Tatiana Trad, a cada edição a população se demonstra mais consciente em relação a sua contribuição para cultivar costumes que realmente fazem a diferença.

“Nosso objetivo é dar visibilidade às boas práticas na cidade no que se refere ao descarte consciente e a sustentável. E acho que a cada ano estamos alcançando mais pessoas e mais parceiros envolvidos em uma só causa”, comenta Tatiana.

Ana Cristina Franzoloso, gestora do Drive Thru da Reciclagem em Campo Grande juntamente com o FAC e Embaixadora MS do Instituto Lixo Zero no Brasil, destaca a relevância deste tipo de evento para Campo Grande.

“Foi um drive desafiador devido o momento em que vivemos mas importante para mostrarmos a importância real do descarte correto e conscientização, que está dentro das ODS´s: 6 – saneamento; 4 – educação;  e 12 – produção e consumo responsável”, destaca Ana.

Conseguimos arrecadar quase 5 toneladas de resíduos, um resultado muito positivo que sofre a logística reversa, ou seja, são descartados corretamente, passam por processo de produção e voltam ao mercado como novos produtos. O descarte de 195 litros de óleo usado preservou mais de 4 milhões de litros de água, sendo que um litro de óleo contamina 25 mil litros de água. Assim como uma média de 50 quilos de medicamento vencido, que é um problema muito sério hoje, pois, se descartado na água o processo químico de contaminação é muito grande.  Com tudo isso podemos ver que a marca do drive se posiciona no município como algo que muda pessoas e comportamentos, além de fortalecer a economia. Com esses números a gente marca a relevância da sustentabilidade acontecendo em cenário real em Campo Grande”, finaliza.

O evento foi realizado pelo Fundo de Apoio à Comunidade (FAC) e Du Bem Produtos Sustentáveis com apoio da Semadur, Planurb, Semadur, Prefeitura de Campo Grande, Instituto Lixo Zero Brasil, Aço e Aço, Berpram e LimH Limpeza Sustentável, em parceria com a Recicle, Farmácia Solidária, NaturaeEco, Pet Zen, e alguns parceiros empreendedores sustentáveis como a Lumini Energia e Ecosupply e demais empreendedores.

Jornal Midiamax