Sem Categoria

Após buscas, família diz que ciclista se machucou na porta

  Confusão e reviravolta, após a Polícia Militar disponibilizar até um helicóptero para capturar o autor de uma suposta tentativa de execução na manhã desta segunda-feira (30), no cruzamento com a Rua da Divisão, um dos envolvidos procurou a Delegacia de Polícia para registrar boletim de ocorrência e dar sua versão. O autor de 25 […]

Mariana Rodrigues Publicado em 30/04/2018, às 15h25 - Atualizado em 01/05/2018, às 10h15

None
Após buscas, família diz que ciclista se machucou na porta
Até helicóptero da PM foi acionado para procurar o suposto autor. Foto: Marcos Ermínio

Confusão e reviravolta, após a Polícia Militar disponibilizar até um helicóptero para capturar o autor de uma suposta tentativa de execução na manhã desta segunda-feira (30), no cruzamento com a Rua da Divisão, um dos envolvidos procurou a Delegacia de Polícia para registrar boletim de ocorrência e dar sua versão. O autor de 25 anos contou aos policiais que,após ser agredido pelo ciclista de 25 anos, acabou atirando uma pedra contra ele, atingindo a boca. Já a versão da família é de que ele atingiu a boca na porta da camionete na hora da briga.

O Jornal Midiamax entrou em contato com a mãe do ciclista, ela contou que o filho não foi atingido nem por tiros e nem por pedrada, mas sim pela porta da camionete. Ela disse ainda que o filho não chegou a ficar internado, recebeu atendimento médico e está bem.

O delegado plantonista que atendeu o caso, Hoffman D’avila disse que os envolvidos na confusão não se conheciam, conforme foi passado para ele, e que tudo não passou de uma grande confusão. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga como lesão corporal dolosa e lesão corporal reciprocas.

Boletim de ocorrência

De acordo com o registro policial, o autor contou que estava ajudando um amigo a transportar uma geladeira para a casa da namorada, quando estava fazendo nó para amarrar a geladeira na caminhonete S-10 branca, o ciclista veio em sua direção e começou a lhe agredir com socos e pontapés, segundo consta no boletim de ocorrência.

O homem conseguiu escapar e correu para dentro da caminhonete, juntamente com seu amigo. Já no interior do automóvel ele, que estava com uma pedra nas mãos, atingiu o rosto do ciclista causando sangramento no lábio inferior e a perda de alguns dentes.

Ainda conforme boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada e encontrou o ciclista, que falava palavras desconexas, sem sentido e se negou a receber atendimento médico, só aceitando receber os cuidados necessários de sua mãe. Ela o encaminhou ao Prontomed onde foi atendido.

Aos policiais, a mãe do ciclista informou que ele apresenta quadro de esquizofrenia, devidamente comprovado por laudos médicos, os quais não foram apresentados. Ainda conforme informações dos policiais Militares que atenderam a ocorrência, a mãe do ciclista, em conversa informal, relatou que viu o momento em que o filho, em movimento com sua bicicleta atingiu a camionete, e quando o motorista abriu a porta e ocorreu a discussão e briga.

Jornal Midiamax