Sem Categoria

Torcedores ignoram lugar marcado para fugir do sol forte na Fonte Nova

O sol forte do início da tarde em Salvador não castigou apenas os jogadores de Itália e Uruguai na partida deste domingo que marcava a disputa pelo terceiro lugar da Copa das Confederações. Nas arquibancadas, os torcedores não aguentaram o intenso calor e até ignoraram os lugares marcados nos ingressos em busca de um assento […]

Arquivo Publicado em 30/06/2013, às 17h11

None
1934423864.jpg

O sol forte do início da tarde em Salvador não castigou apenas os jogadores de Itália e Uruguai na partida deste domingo que marcava a disputa pelo terceiro lugar da Copa das Confederações. Nas arquibancadas, os torcedores não aguentaram o intenso calor e até ignoraram os lugares marcados nos ingressos em busca de um assento na sombra.


“Conversamos na boa com alguns voluntários e eles nos entenderam. Não está dando para ficar naquele sol ali. Isso é desumano. Posso imaginar como os jogadores estão sofrendo ali no campo”, disse o estudante Jonas Alcântara, de 23 anos.


Desde as primeiras horas da tarde, era possível ver a tentativa de torcedores de escaparem do sol. No início do jogo, porém, a sombra era maior nas arquibancadas. No segundo tempo, com o campo mais “tranquilo”, os torcedores passaram a sofrer com mais intensidade, já que o sol “subiu” para os assentos.


No final do jogo, ficou ainda mais evidente a divisão nas arquibancadas. Enquanto a área dominada pelo sol estava praticamente vazia, o público se apertava em lugares na sombra.


E a luta dos torcedores para escapar do sol se arrastou durante mais algum tempo. Com empate por 2 a 2 no tempo normal, a disputa pelo terceiro lugar entre Uruguai e Itália foi para a prorrogação e aumentou o drama das arquibancadas diante do forte calor que fez em Salvador na tarde deste domingo.

Jornal Midiamax