Sem Categoria

Anvisa amplia indicação de vacina contra vírus causador de câncer

Uma das vacinas contra o HPV, vírus sexualmente transmissível ligado à ocorrência de câncer do colo do útero, do ânus e de garganta, poderá ser indicada para mulheres a partir dos nove anos de idade. A indicação da Cervarix, fabricada pela farmacêutica GSK, antes se limitava à faixa dos dez aos 25 anos. A vacina […]

Arquivo Publicado em 28/06/2013, às 19h47

None

Uma das vacinas contra o HPV, vírus sexualmente transmissível ligado à ocorrência de câncer do colo do útero, do ânus e de garganta, poderá ser indicada para mulheres a partir dos nove anos de idade.


A indicação da Cervarix, fabricada pela farmacêutica GSK, antes se limitava à faixa dos dez aos 25 anos. A vacina contra o HPV ainda não está no calendário nacional de imunização mas está disponível em clínicas particulares.


No entanto, já era comum o uso da vacina em mulheres mais velhas, apesar das indicações da bula, por causa das evidências de benefício da imunização mesmo para quem já teve contato com o vírus.


Cresce vacinação contra HPV em mulheres mais velhas


A vacina Cervarix é bivalente, isto é, protege contra dois tipos de vírus HPV comumente ligados ao câncer do colo do útero. São necessárias três doses da imunização administradas num período de seis meses.


No Brasil, também está no mercado a vacina Gardasil, da MSD, que é quadrivalente (protege contra quatro tipo de HPV). Indicada para mulheres e homens com idades de nove a 26 anos, ela protege contra câncer do colo do útero, da vulva, vagina, do ânus e contra verrugas genitais e também é administrada em três doses.

Jornal Midiamax