Sem Categoria

PM recupera moto furtada e prende duas pessoas por receptação

A Polícia Militar prendeu dois indivíduos na noite de ontem (3) por receptação da motocicleta Honda CG, de placas HSP-5375, de Campo Grande, após ser acionada via 190 e realizar investigações. Geovani de Arruda Ortiz, de 20 anos, foi detido pela Polícia Militar, por volta das 20h desta segunda-feira (3), ao guardar uma motocicleta na […]

Arquivo Publicado em 04/12/2012, às 13h37

None
581241433.jpg

A Polícia Militar prendeu dois indivíduos na noite de ontem (3) por receptação da motocicleta Honda CG, de placas HSP-5375, de Campo Grande, após ser acionada via 190 e realizar investigações.


Geovani de Arruda Ortiz, de 20 anos, foi detido pela Polícia Militar, por volta das 20h desta segunda-feira (3), ao guardar uma motocicleta na sua residência, que fica na rua Santa Monica, na vila Santa Luzia. A PM foi ao local depois de denuncia anônima. Ao abordar o indivíduo, constatou se tratar de veículo furtado no dia 6 de novembro.


O rapaz foi interrogado e contou que comprou a moto de uma pessoa junto com um adolescente de 17 anos, no bairro Cerejeiras. Com a ajuda de Geovane e do adolescente, a guarnição localizou uma residência na rua Nelson Abraão Lemos.


No local, Fabio Trindade da Costa de 22 anos negou o furto. Ele informou que adquiriu a motocicleta de uma outra pessoa, no bairro Nova lima. Também alegou que só depois que ficou sabendo que era produto de furto, mas já tinha passado adiante.


Ambos foram encaminhados à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro. Eles são acusados de receptação, por adquirir produto tendo na consciência que seja fruto de roubo. A policia ainda investiga a autoria do furto.


Caso


Uma senhora de 46 anos foi vítima de furto na manhã do dia 6 de novembro, na rua Dolor Ferreira de Andrade, próximo a Escola Seleta. De acordo com o Boletim de Ocorrência, um indivíduo de cor parda, estatura mediana chegou questionando a vítima se ela estaria vendendo a motocicleta.


A vítima contou que apesar de não a estar vendendo, ficou interessada na proposta. Portanto, deixou o meliante testar o veículo. Mas ao invés de dar apenas uma volta como tinha prometido, ele foi embora e sumiu com o seu bem.

Jornal Midiamax