Sem Categoria

Palestra em Campo Grande mostra como superar do medo da morte

Segundo o pesquisador, o medo da morte é responsável por grande parte de enfermidades emocionais enfrentadas por pacientes terminais, familiares e até mesmo equipes médicas responsáveis pelo tratamento dessas pessoas.

Arquivo Publicado em 27/07/2012, às 19h37

None
1947012994.jpg

Segundo o pesquisador, o medo da morte é responsável por grande parte de enfermidades emocionais enfrentadas por pacientes terminais, familiares e até mesmo equipes médicas responsáveis pelo tratamento dessas pessoas.

O pesquisador e fisioterapeuta, João Luiz Ferreira, realiza palestra gratuita nesta sexta-feira (27) e sábado (28), sobre a dificuldade do ser humano em absorver a ideia de que vai abandonar o corpo físico. De acordo com estudo desenvolvido por ele junto a pacientes terminais, o medo da morte é o responsável por ocasionar grande parte das enfermidades emocionais apresentadas pelo ser humano.

Durante a palestra, o pesquisador pretende desmistificar o tema da morte e expor aos participantes, de forma detalhada, o conceito de desativação do corpo físico, por meio da teoria da Projeciologia e Conscienciologia. De acordo com João Luiz, essa teoria estuda o indivíduo em sua plenitude e suas manifestações dentro e fora do corpo físico.

“Todos nós fazemos um planejamento antes de nascer para essa existência atual. Geralmente o medo da morte está ligado ao não cumprimento das metas estabelecidas por nós mesmo, o que nos traz a sensação de incompletude, de que ainda esta faltando algo. Isso pode acabar gerando diversas outras enfermidades como depressão e fobias,”explicou.

Alcançar a pacificação interior é a saída apontada por ele. “Quando o indivíduo supera esse medo ele se torna capaz de entender que a vida não se restringe a apenas a essa existência, mas que esta é uma etapa da verdadeira vida. Existem meios de conseguir atingir a pacificação existencial e é isso o que ensinamos por meio da Projeciologia e Conscienciologia”, concluiu.

Além da palestra, João Luiz também ministra cursos práticos de como fazer a projeção fora do corpo físico. A palestra vai ser realizada no Instituto de Projeciologia e Conscienciologia, que fica na rua Pedro Celestino, 689, Centro. Na sexta-feira o início está marcado para as 19h30 e no sábado às 16h. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone: (67) 3324-1177.

Jornal Midiamax