Sem Categoria

Nissan vai investir R$ 1,6 bilhão em fábrica na China

A Nissan, maior fabricante japonesa de automóveis a atuar na China, vai investir mais de 785 milhões de dólares, cerca de R$ 1,65 bilhão, na construção de uma fábrica no Nordeste do país. De acordo com o site norte-americano Automotive News, a nova unidade será na cidade de Dalian. A ação faz parte do plano […]

Arquivo Publicado em 15/06/2012, às 01h19

None

A Nissan, maior fabricante japonesa de automóveis a atuar na China, vai investir mais de 785 milhões de dólares, cerca de R$ 1,65 bilhão, na construção de uma fábrica no Nordeste do país. De acordo com o site norte-americano Automotive News, a nova unidade será na cidade de Dalian. A ação faz parte do plano de investimentos da marca nipônica no mercado chinês, cuja previsão é de quase R$ 10 bilhões até o final de 2015.

A movimentação das fabricantes em direção à China criou um novo mapa no país asiático, delimitado pelas regiões nas quais as marcas se instalaram. A primeira delas foi a Volkswagen, que fortificou-se no Leste e no Norte d país, junto com suas parceiras locais das joint-ventures – SAIC Motor e Grup FAW. O Sul do país havia ficado com os rivais japoneses, mas a marca alemã já está construindo uma fábrica própria na região, na província de Guangdong. A GM é outra que está de mudança para o quintal dos rivais. Após radicar-se na região central do país, a empresa norte-americana planeja construir uma fábrica em Wuhan, reduto da Ford no centro-oeste.

A escolha da Nissan por Dalian foi estratégica, já que a cidade é a mais rica do litoral Nordeste. Segundo analistas, a localização estratégica faria com que a marca japonesa acesso ao mercado chinês, ganhando força na disputa contra a Volkswagen e a compatriota Toyota. Outro ponto importante é a atividade portuária da cidade, relativamente próxima à costa do Japão. A fábrica será construída em parceria com a chinesa Dongfeng Motor Group e será capaz de produzir 25.000 carros a partir de 2014, aumentando gradualmente até chegar a 240.000 veículos em 2017.

Jornal Midiamax