Sem Categoria

Espaço da Poesia celebra 35 anos de Mato Grosso do Sul com livros, poemas e música

A Fundação de Cultura do Governo de Mato Grosso do Sul realiza nesta sexta (26), a partir das 19 horas, no terraço do Memorial da Cultura e da Cidadania, mais uma edição do Espaço da Poesia com declamações, apresentações musicais e folclóricas. A entrada é franca. Este mês o “Espaço” homenageia Mato Grosso do Sul, […]

Arquivo Publicado em 26/10/2012, às 10h09

None
1668370854.jpg

A Fundação de Cultura do Governo de Mato Grosso do Sul realiza nesta sexta (26), a partir das 19 horas, no terraço do Memorial da Cultura e da Cidadania, mais uma edição do Espaço da Poesia com declamações, apresentações musicais e folclóricas. A entrada é franca.


Este mês o “Espaço” homenageia Mato Grosso do Sul, que completa 35 anos de criação. O coral da terceira idade da Associação Cultural Encanto (Aceti) inicia as apresentações musicais da noite. Formado há dois anos, o grupo vocal é coordenado pela professora Ely Cicalise e faz parte de uma associação sem fins lucrativos cujo objetivo é apresentar a beleza do canto.


O Coral da Associação Cultural Encanto foi fundado pela professora Edna Palmeiras Martinez e uma série de senhoras da terceira idade que já trabalhavam com canto coral e sentiam a necessidade de ter um espaço próprio para exercitar a voz, a memória e a integração social. Tornou-se um momento de confraternização que procura levar mensagens positivas e apresentar a potencialidade das pessoas da melhor idade.


Em seguida serão apresentadas as obras “Biografia de Amores”, de Lucilene Machado e “Snack Bar”, de Augusto Cesar Proença. Membro da Academia Sul–Mato-Grossense de Letras, Lucilene Machado faz uma coletânea de contos de autoria própria envolvendo o universo amoroso.


Já o livro “Snack Bar” foi lançado pela primeira vez em 1979 pelo consagrado escritor corumbaense. A primeira reedição deste ano já está esgotada. A escritora Sandra Andrade lança “Mato Grosso do Sul – Frente e Verso”, fruto de material interdisciplinar que promove a valorização e o respeito à identidade regional e as diversidades da formação da sociedade sul-mato-grossense.


A autora, que também é professora de História, recorreu à sua experiência de contar histórias para crianças para escrever o livro, que também contou com uma ampla pesquisa em documentos e fontes históricas. O livro é destinado a crianças de 8 a 11 anos de idade e narrado em prosa e poesia, com ilustrações do artista plástico Lelo.


Conta a história do Estado desde a invasão europeia no Brasil até os dias de hoje. “O texto é leve e agradável, como uma conversa informal, mas é informativo e repleto de referências”, ressalta Sandra. Ainda segundo a autora, o objetivo é despertar nas crianças e jovens o interesse pela leitura. Esta é a 18ª obra de Sandra Andrade.


Dentre as publicações estão “O Sono Entristecido da Lua Pantaneira”, “Sonhos e Travessuras da Abelhinha Nina”, “Jacaré Fala e Coureiros Correm”, “A História de Anaí, a Sementinha Apressada de um Ipê Amarelo”, “Poemas para um Grande Amor”, “Quando o Amor Acontece”, “Aprendiz de Águas” e a coletânea de Literatura Infantil “Histórias – Poemas para boi dormir”, entre outros. Mari Depieri encerra a programação cultural da noite com músicas de seu repertório de pop rock.


A jovem cantora começou a se interessar por música muito cedo, aos cinco anos, influenciada por familiares. No ano passado lançou um CD demonstrativo com três músicas e, em menos de um ano, fez diversas apresentações em escolas, congressos, saraus e na Cidade do Natal.


Duas canções foram selecionadas no Kit de Difusão Musical da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, em 2011, que divulga a produção artística do Estado em diversas rádios e instituições musicais do Brasil.


A jovem cantora, de apenas 14 anos, conta com um repertório enérgico, com sucessos de bandas renomadas como Skank, Capital Inicial e Jota Quest. Em 2012 lançou o primeiro álbum, intitulado “Mais uma história”, um disco inteiramente autoral com nove canções.


Serviço: O Memorial da Cultura fica na avenida Fernando Correa da Costa, 559, no Centro. O Espaço da Poesia começa às 19 horas e a entrada é franca.

Jornal Midiamax