Sem Categoria

Bernal e Giroto disputam segundo turno em Campo Grande

De acordo com dados do TRE (Tribunal Regional Eleitoral), Bernal teve 176.288 ou 40,18% dos votos contra 122.813 ou 27,99% de Edson Giroto (PMDB), registrando 53.475 votos a mais que o peemedebista

Arquivo Publicado em 07/10/2012, às 23h36

None

De acordo com dados do TRE (Tribunal Regional Eleitoral), Bernal teve 176.288 ou 40,18% dos votos contra 122.813 ou 27,99% de Edson Giroto (PMDB), registrando 53.475 votos a mais que o peemedebista

Os candidatos Alcides Bernal (PP) e Edson Giroto (PMDB) vão disputar o segundo turno depois de 16 anos de jejum em Campo Grande. Desde 1996 o PMDB vinha se reelegendo sucessivamente na Capital.

De acordo com dados do TRE (Tribunal Regional Eleitoral), Bernal teve 176.288 ou 40,18% dos votos contra 122.813 ou 27,99% de Edson Giroto (PMDB), registrando 53.475 votos a mais que o peemedebista.

Por 9.184 votos Reinaldo Azambuja (PSDB) ficou fora do páreo. O tucano registrou 113.629 votos, ou 25,9%. Vander Loubet (PT) teve 21.377 ou 4,87% dos votos. Marcelo Bluma (PV) ficou com 3.284 votos ou 0,75% e Suel Ferranti (PSTU) com 1.380, ou 3,31%.

Já Sidney Melo (PSOL) teve 0% de votos. Segundo informações do TRE, o candidato que teve zero voto pode não ter tido votação ou estar indeferido com recurso.

No total, Campo Grande registrou 438.771 votos válidos, equivalente a 93,56% do eleitorado. O número de brancos é de 11.345 ou 2,42% e nulos 18.843 ou 4,02%. Não compareceram às urnas 92.671 eleitores, sendo registrado 16,5% abstenção.

Jornal Midiamax