Sem Categoria

Antônio Morais vai doar indenização recebida de ação contra Paulo Tadeu Haendchen

O empresário Antônio Morais dos Santos doará para uma instituição de caridade todos os valores que receber do processo que move contra o advogado Paulo Tadeu Haendchen. É o que consta do processo judicial que correu na 5.ª Vara Cível de Campo Grande. Como virou destaque na imprensa, PTH foi acusado em juízo por Morais […]

Arquivo Publicado em 30/08/2012, às 18h27

None

O empresário Antônio Morais dos Santos doará para uma instituição de caridade todos os valores que receber do processo que move contra o advogado Paulo Tadeu Haendchen. É o que consta do processo judicial que correu na 5.ª Vara Cível de Campo Grande.

Como virou destaque na imprensa, PTH foi acusado em juízo por Morais de lhe ter ofendido moralmente ao enviar uma carta para os seus filhos e esposas, contendo graves acusações e ameaças. Morais também acusou o seu antigo advogado de ter retido indevidamente uma quantia de mais de R$ 2 milhões, sacada por PTH de um processo em que ele atuava como advogado de Morais, ao argumento de que lhe eram devidos honorários do passado.

Recentemente, o Juiz Geraldo Santiago, da 5.ª Vara Cível desta Capital, condenou em primeiro grau o advogado Paulo Tadeu a devolver ao seu ex cliente R$ 2.138.364,30, acrescidos juros e correção desde a data de cada saque, além de pagar indenização por danos morais de R$ 200 mil.

Morais é conhecido em todo Brasil por grandes doações a hospitais, asilos, dentre outros e, segundo consta do processo, ele não tem interesse em ficar com o dinheiro que lhe pertence e que está na mãos do seu ex advogado.

No processo, Morais pede que assim que PTH cumprir o que restou decidido pela Justiça, o próprio Juiz já destine o dinheiro diretamente para uma instituição de caridade, sem sequer passar pelas suas mãos.

Pelo que consta, o advogado Paulo Tadeu recorreu da decisão para o TJ/MS e não há, ainda, data estabelecida para o julgamento do recurso do advogado.

Jornal Midiamax