O Tribunal do Júri em Campo Grande terá novo monumento e contará com prédio reformado. O TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) abriu, nesta terça-feira (21), concurso para artistas inscreverem propostas para uma nova obra no prédio.

Serão R$ 150 mil para execução do projeto vencedor para o Tribunal do Júri. O grande ganhador do concurso receberá prêmio de R$ 50 mil. Também serão premiados os segundo e terceiro lugar, com R$ 30 mil e R$ 15 mil respectivamente.

Ao Jornal Midiamax, o presidente do TJMS, desembargador Sérgio Martins, disse que a intenção é renovar o ‘visual do Judiciário’. “Nós já estamos aqui há mais de 20 anos nesse local. Então é o momento, é a oportunidade e há uma necessidade de se fazer essa renovação”, afirmou.

tjms
Presidente do TJMS. (Henrique Arakaki, Jornal Midiamax)

Assim, o presidente do TJMS destacou que esperam uma obra com traços da cultura de Mato Grosso do Sul. “Tem que ser algo que remeta a questão do judiciário, a justiça, e algo que remeta a nossa cultura local”, pontuou.

O material para nova escultura do Tribunal do Júri deve garantir durabilidade para a obra. Isso porque o desembargador lembrou que a estátua atual já está ‘condenada’. “Os técnicos estão afirmando que ele já está razoavelmente sendo comprometido pelo tempo e pelo material que. Ele foi construído, ele é um material poroso”, explicou.

Contudo, disse que o monumento da deusa da Justiça pode ser reutilizado. “Nada impede que a gente consiga, preservando esse monumento, ele seja removido para ficar lá. Mas também poderá ir para um outro local”, comentou.

O concurso ainda será oficialmente disponibilizado nas plataformas do TJMS, com edital e mais informações sobre as formas de inscrição. Ao Midiamax, o presidente do TJMS disse que os interessados poderão inscrever propostas até 16 de julho.