TRE-MS multa empresa por falha na filmagem da auditoria da votação eletrônica das eleições de 2018

O aviso de penalidade foi publicado no Diário Oficial da União
| 01/08/2022
- 09:47
TRE-MS multa empresa por falha na filmagem da auditoria da votação eletrônica das eleições de 2018
TSE/Divulgação

O (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) multou a empresa Infra do Comércio e Serviços Eirelli por falha na filmagem da auditoria da votação eletrônica nas eleições de 2018. O aviso de penalidade foi publicado no Diário Oficial da União desta segunda-feira (1º).

A empresa foi multada após o processo administrativo nº 0010944-51.2018.6.12.8000 em R$ 3.412,50 (três mil quatrocentos e doze reais e cinquenta centavos) em razão de falha na execução contratual, consistente na prestação dos serviços de filmagem da votação paralela dos pleitos eleitorais de 2018.

A decisão é assinada por Hardy Waldschmidt, diretor-geral do TRE-MS.

Veja também

Mudança poderia beneficiar políticos condenados e considerados inelegíveis

Últimas notícias