'Só jogador caro’: Servidores do time de prefeitura receberam R$ 90 mil em diárias em MS

Ministério Público instaurou inquérito civil para apurar irregularidades
| 11/04/2022
- 11:24
MPMS investiga diárias na Prefeitura de Bandeirantes
MPMS investiga diárias na Prefeitura de Bandeirantes. Foto: Assessoria

O MPMS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul) instaurou inquérito civil para apurar o pagamento de R$ 90 mil em diárias, a servidores que jogam no time da de Bandeirantes, município distante 68 quilômetros de Campo Grande. Alguns chegaram a receber R$ 32 mil.

O edital das investigações foi publicado no Diário Oficial do MPMS desta segunda-feira (11), disponível para consulta pública e assinado pelo promotor de Gustavo Henrique Bertocco de Souza. Consta nos autos que os fatos vieram à tona a partir de uma notícia de fato enviada à promotoria em setembro do ano passado.

Consta que os servidores e secretários viajavam para acompanhar o time da prefeitura em jogos pelo estado. Eles viajavam em ônibus escolar para transportar os jogadores e, conforme registro, estiveram em Miranda e Camapuã num mesmo dia para jogar, cidades distantes 351 quilômetros.

Há outras irregularidades como cobrança excessiva de diárias para reuniões simples em Campo Grande, pagamento de diárias para motoristas buscar peças em Campo Grande, entre outras atividades. Um dos investigados teria recebido R$ 32 mil e outro R$ 27 mil ao longo de 2021. Ao todo, foram cerca de R$ 90 mil pagos.

Por este motivo, o promotor instaurou inquérito com o objetivo de “apurar suposta irregularidade no recebimento de diárias pelos servidores públicos da Prefeitura Municipal de Bandeirantes”.

O que diz a prefeitura de Bandeirantes sobre as diárias

Por meio da assessoria de imprensa, a prefeitura de Bandeirantes disse que já foi notificada e está adotando as devidas providências. " A Procuradoria Jurídica da Prefeitura recebeu a recomendação na sexta-feira, e tem 20 dias para entregar a a resposta, neste momento segue com a apuração da denúncia onde os fatos serão investigados. A prefeitura de Bandeirantes segue trabalhando com transparência ao cidadão e estamos confiantes de que tudo será devidamente esclarecido", lê-se no comunicado.

Veja também

Serviço de mapeamento deve rastrear ocupações irregulares na Capital

Últimas notícias