Por causa da pandemia, município restringe presença em licitações para merenda e remédios

Editais constam no Diário Oficial da União desta quarta-feira
| 26/01/2022
- 11:13
Por causa da pandemia, município restringe presença em licitações para merenda e remédios
Divulgação

O município de Cassilândia, distante 430 quilômetros de Campo Grande, abriu duas licitações para aquisição de merenda escolar e medicamentos para a saúde. Os editais foram publicados no Diário Oficial da União desta quarta-feira (26). Na publicação, a prefeitura restringe a presença de participantes nas sessões, em razão do risco de contaminação da Covid-19.

“O pregoeiro solicita aos fornecedores que encaminhem apenas um representante para as reuniões, de forma a evitar aglomerações. Caso o representante apresente coriza, febre, gripe, tosse, dificuldade para respirar, dor muscular, fadiga ou outros sintomas deverá ser substituído por outro representante. Será aceito envelope via postal”, lê no edital. 

Além disso, é obrigatório o uso de máscara e álcool em gel. “O pregoeiro orienta para que os participantes realizem a higienização constante das mãos e sigam todas as medidas de prevenção recomendadas pela secretaria estadual de saúde”. 

Uma das licitações tem por objetivo o registro de preços para a futura aquisição de gêneros alimentícios para a merenda escolar. A sessão será aberta às 8h30 no dia 10 de fevereiro, na coordenação de licitações do município, na Rua Domingos de Souza França, 720, centro. O edital e seus anexos encontram-se disponíveis aos interessados gratuitamente no site www.cassilandia.ms.gov.br.

O Fundo Municipal de Saúde de Cassilândia também abriu licitação para registro de preços, visando à aquisição de medicamentos e insumos destinados às emergências da Covid-19. A sessão será aberta no dia 11 de fevereiro, às 9 horas. O edital está no site da prefeitura, listado acima.

Veja também

Para tanto, precisou admitir atos de improbidade administrativa

Últimas notícias