Obras de pavimentação no município de Angélica terão custo de R$ 9,4 milhões

Avenida Francisco Marcolino da Costa, em Angélica, será pavimentada
| 10/05/2022
- 08:29
investigação Angélica será pavimentada
Foto: Reprodução.

de pavimentação e drenagem de águas pluviais no município de Angélica, terão custo de R$ 9,4 milhões, conforme contrato publicado pela Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos), nesta terça-feira (10).

Segundo o contrato, a empresa DMP Construções vai executar as obras de infraestrutura urbana – pavimentação asfáltica e drenagem de águas pluviais na Avenida Francisco Marcolino da Costa, em Angélica.

Com isso, o valor total da obra é de R$ 9.448.280,00, a serem pagos com recursos ordinários do Tesouro. O contrato, conforme a publicação, deverá ser executado e totalmente concluído dentro do prazo de 210 dias consecutivos, contados da data do recebimento da OIS (Ordem de Início dos Serviços), devendo cumprir rigorosamente o cronograma físico-financeiro do contrato, sob pena de aplicação de multa moratória, sem prejuízo das demais penalidades e da rescisão contratual, se for o caso.

Sendo assim, a vigência terá início a partir da sua assinatura e perdurará até 120 dias corridos após o do prazo de execução.

Além deste, a DMP tem outros três contratos vigentes com a Agesul. O mais caro, tem custo de R$ 12,6 milhões, sendo que a empresa faz a implantação e pavimentação asfáltica da rodovia MS-165 (sul fronteira), trecho: entrº MS - 386 (Sanga Puitã) - Aral Moreira - Coronel Sapucaia, subtrecho: Aral Moreira - Vila Marques, numa extensão de 6,00 km, no município de Aral Moreira - MS.

Veja também

MS e outros estados questionam lei que pode reduzir preço da gasolina

Últimas notícias