Ex-servidor é investigado por venda e instalação irregular de túmulos no cemitério de Três Lagoas

Ministério Público instaurou inquérito
| 20/04/2022
- 08:49
MPMS investiga venda de túmulos no cemitério de Três Lagoas
MPMS investiga venda de túmulos no cemitério de Três Lagoas - (Foto: Assessoria)

O (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul) instaurou inquérito civil para apurar irregularidades na venda de túmulos do cemitério municipal de Três Lagoas, a 323 quilômetros de Campo Grande. Entre os principais problemas, constam sepultamentos em locais inadequados, como espaços usados para o trânsito de visitantes. Um ex-servidor é alvo das investigações.

Venda de Túmulos

O edital foi publicado no Diário Oficial desta quarta-feira (20), disponível para consulta pública. As investigações tiveram início a partir de notícia de fato informando que uma funerária da região vinha promovendo a venda direta dos túmulos e instalando os mesmos em qualquer lugar, sem se importar com o comprometimento da estrutura.

Havia denúncia também de possíveis inconformidades no registro de óbitos, uma vez que o número total de sepultamentos era muito superior ao número de mortes registradas pelo serviço municipal de verificação, o que sugeria que os enterros eram feitos de forma direta entre a funerária e o . Um ex-servidor é suspeito de facilitar o esquema.

Diante de tais informações, o promotor Etéocles Brito Mendonça Dias Júnior instaurou inquérito. O objetivo é apurar eventuais irregularidades na construção dos túmulos e a venda direta, irregularidades nos registros de óbito, a venda irregular de ‘gavetas’ entre as funerárias e parentes dos falecidos, bem como a interferência do ex-servidor.

Veja também

Serviços de reforma geral serão feitos na Escola Estadual Alziro Lopes

Últimas notícias