O crédito suplementar publicado no Diário Oficial do Estado desta segunda-feira (28), tem valor total de R$ 34 milhões, sendo que R$ 17,8 milhões são para Fundação da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul).

De acordo com a publicação, R$ 5.030.000,00 são para manutenção da Universidade e R$ 12.650.000,00 para o desenvolvimento da graduação.

Já a Sefaz (Secretaria de Estado de Fazenda) tem crédito suplementar de R$ 14.300.000,00. Destes, R$ 4 milhões são para gestão e operacionalização da Secretaria; R$ 300.000,00 para consolidar e implantar o Sistema de Planejamento e Finanças e das Novas Normas Aplicada ao Setor Público; R$ 8.000.000,00 para planejamento, implantação e gerenciamento dos Sistemas Estratégicos e Tecnológicos para a Gestão Fiscal e Tributária; R$ 2.000.000,00 Estabelecer e Gerenciar Políticas de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado.

A Procuradoria-Geral do Estado tem crédito suplementar de R$ 300 mil para gestão e operacionalização.

Ainda na publicação de hoje, há suplemento de R$ 1.529.660,00 do Fundo Especial da Procuradoria Geral do Estado. O valor é para indenizações na folha de pessoal.

Por fim, a Fundação do Trabalho de Mato Grosso do Sul tem suplemento de R$ 80 mil para promoção da intermediação de mão de obra no Estado.