Política / Transparência

Zona Eleitoral de MS anuncia descarte de documentos arquivados desde 1992

Edital da 18ª Zona Eleitoral confirma destruição de 102 caixas com documentos e outros papéis da Justiça Eleitoral

Humberto Marques Publicado em 18/05/2021, às 18h41

Fórum Eleitoral de Dourados
Fórum Eleitoral de Dourados - Folha de Dourados/Reprodução

Edital publicado pelo juiz César de Souza Lima, titular da 18ª Zona Eleitoral de Dourados –a 233 km de Campo Grande–, confirma o descarte de 102 caixas de documentos, alguns deles armazenados desde 1992. A destruição dos arquivos foi divulgada na edição desta quarta-feira (19) do Diário de Justiça Eleitoral do Estado, já disponível para consulta.

A destruição dos documentos ocorrerá no 45º dia após a data oficial de publicação. Até lá, interessados poderão pedir o desentranhamento dos autos ou cópias de documentos, sempre às suas custas.

A relação de materiais a serem dispensados inclui 27 caixas de ofícios expedidos e recebidos entre os anos de 1992 e 2017. Além deles, há comprovantes de comparecimento à eleição armazenados em 2011, requerimentos de justificativa de ausência às urnas entre 2014 e 2018 e cadernos de folha de folha de votação de Dourados e Douradina, entre outros. A lista completa foi divulgada na página 80 do Diário do TRE-MS.

Jornal Midiamax