Política / Transparência

Zona Eleitoral de Campo Grande anuncia destruição de documentos arquivados desde 2012

Edital da 54ª Zona Eleitoral abre 45 dias para interessados solicitarem desentranhamento ou cópia dos papéis

Humberto Marques Publicado em 24/05/2021, às 18h30

Fórum Eleitoral de Campo Grande, no Parque dos Poderes
Fórum Eleitoral de Campo Grande, no Parque dos Poderes - Arquivo/Midiamax

A juíza May Melke Amaral Penteado Siravegna, titular da 54ª Zona Eleitoral de Campo Grande, divulgou edital nesta segunda-feira (24) comunicando a destruição de documentos arquivados no cartório eleitoral. Alguns dos materiais estão guardados no local desde 2012.

Conforme o edital 101-TRE/ZE054, com a divulgação, os interessados terão 45 dias para, demonstrando legitimidade e aos seus custos, solicitarem o desentranhamento ou cópias dos documentos.

Entre os documentos, estão 7 caixas de cadernos de folha de votação arquivados desde 2012, além de uma caixa de editais expedidos até 2015, boletins de urna e de justificativa de 2016, ofícios expedidos, ofícios, títulos impressos e zerésimas de urnas.

A relação de documentos consta na edição desta segunda-feira do Diário de Justiça Eleitoral de Mato Grosso do Sul, a partir da página 83.

Jornal Midiamax