Política / Transparência

MPMS vai investigar se há medicamentos para pacientes oncológicos no Hospital do Câncer

Inquérito Civil vai apurar informações sobre tratamento a pacientes com câncer em Campo Grande

Renata Volpe Publicado em 18/06/2021, às 12h46

Hospital do Câncer em Campo Grande
Hospital do Câncer em Campo Grande - Arquivo, Midiamax

Inquérito Civil vai averiguar se o Hospital do Câncer Alfredo Abrão, em Campo Grande, tem remédios para pacientes oncológicos. 

De acordo com a publicação do Diário do MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul), em 20 dias, a Promotoria de Justiça deve receber informações sobre o hospital.

As informações a serem apuradas, são as seguintes: se houve recebimento de medicamentos para tratamento de pacientes oncológicos pela Secretarias Estadual e municipais. Também deve ser apurado se os pacientes oncológicos estão recebendo assistência integral, notadamente os medicamentos necessários para tratamento.

Se os 20 leitos de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) estão em funcionamento no hospital, ou seja, se o hospital tem recebido pacientes regulados pelo município, dentro da capacidade instalada. Também deve ser averiguado se foram retomadas as cirurgias oncológicas eletivas.

Jornal Midiamax