Contratação de escritório de advocacia pela prefeitura de Ladário virou alvo de investigação do MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul), conforme inquérito civil publicado em edição desta terça-feira (19) pelo Diário Oficial do órgão.

De acordo com a publicação, a 5ª Promotoria de Justiça, de Proteção do Patrimônio Público e Social, Defesa do Consumidor, Curadoria dos Registros Públicos e Fundações de Corumbá irá apurar contratação ilegal formalizada pelo processo administrativo 0003/2020.

Não foram divulgados detalhes e o caso corre sob sigilo, sob o n.º 06.2020.00001346-9. Os trabalhos serão conduzidos pelo promotor de Justiça Luciano Bordignon.