Política / Transparência

Governo de MS suplementa R$ 332,5 milhões para fundo de saúde e Ageprev

O governador em exercício de Mato Grosso do Sul, Paulo Corrêa (PSDB), assinou dois decretos abrindo crédito suplementar de R$ 332,5 milhões para despesas em diversas áreas. Ambos foram publicados na edição desta quinta-feira (28) do Diário Oficial Eletrônico (DOE). O primeiro é da ordem de R$ 24,5 milhões. A maior movimentação é no Fesa […]

Adriel Mattos Publicado em 28/01/2021, às 11h37 - Atualizado às 11h39

Foto: Divulgação, Subcom-MS
Foto: Divulgação, Subcom-MS - Foto: Divulgação, Subcom-MS

O governador em exercício de Mato Grosso do Sul, Paulo Corrêa (PSDB), assinou dois decretos abrindo crédito suplementar de R$ 332,5 milhões para despesas em diversas áreas. Ambos foram publicados na edição desta quinta-feira (28) do Diário Oficial Eletrônico (DOE).

O primeiro é da ordem de R$ 24,5 milhões. A maior movimentação é no Fesa (Fundo Especial de Saúde), que terá R$ 16,3 milhões para gestão e manutenção do fundo e mais R$ 1,2 milhão será destinado, com a mesma finalidade, para o Hospital Regional de Mato Grosso do Sul (HRMS) “Rosa Pedrossian”.

O Fundo de Provisão de Recursos receberá R$ 6,9 milhões a título de “provisão dos serviços públicos da administração indireta”. E o Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul) terá R$ 12 mil para gestão e manutenção da autarquia.

Já o segundo decreto é de R$ 308 milhões, que destina todo esse montante à Ageprev (Agência de Previdência Social). Deste total, R$ 208 milhões vão para “gestão do Sistema de Proteção Social dos Militares”.

Os R$ 100 milhões restantes serão aplicados no pagamento da folha de aposentadorias e pensões.

Jornal Midiamax